Notícias

Produtor de Teixeira Soares trabalha com sistema de integração na avicultura

Protacio Jacoby recebe as aves da empresa integradora e atua no manejo até a entrega para o abate; segundo ele, neste sistema o avicultor sente menos a variação do mercado

 

Pesquisa recente de Estatística da Produção Pecuária publicada e divulgada no início de dezembro pelo pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) mostra que nos três primeiros trimestres de 2022 o segmento avícola produziu quase 3,8 milhões de toneladas de carne de frango, 4,3% a mais que no mesmo período do ano passado. 

 

O Estado mantém a liderança nacional na avicultura, onde é responsável por um terço das aves abatidas no País. Em Teixeira Soares, o produtor Protacio Jacoby (55 anos) trabalha com a avicultura desde 2001. O morador da localidade Ribeirão Bonito explicou em entrevista ao AgroRegional o que o levou a iniciar a produção de frangos de corte. “Investir por ter pouco terreno e avicultura não necessita de muita área. 3600 metros de barracão”.

 

 

O produção do avicultor é pelo sistema de integração e atualmente ele conta com ajuda de quatro pessoas da família e mais quatro colaboradores. “Os frangos são da empresa e ganhamos apenas uma porcentagem”, explica. De forma mais detalhada, no sistema de integração a empresa, ou integradora, fornece tudo que é necessário para a produção. Já o criador fornece as instalações e o manejo das aves. 

 

Segundo Protacio, na propriedade eles ficam de 25 a 30 dias, depois há o período de limpeza. “A cada 45 dias um ciclo novo”, aponta.  

 

Ainda segundo o produtor, foram muitos desafios desde o início da atividade e na visão dele, eles seguem até hoje, mas considera o sistema de integração a melhor escolha para a atividade avícola.

 

“É uma parceria. Eles trazem o frango, o pintinho de um dia, a ração, medicamento e a assistência técnica. Nós entramos com o barracão e a mão de obra. Nós ganhamos uma porcentagem disso aí. Se o mercado é bom nós ganhamos dinheiro, se o mercado está fraco nós temos pouco dinheiro, mas é mais estável do que você fazer tudo por conta. Por conta você corre todo o risco”, afirmou. 

 

 

Em Teixeira Soares o mercado avícola se saiu muito bem no último ano. Dados do Deral mostram que o Valor Bruto de Produção (VBP) do frango de corte gerou R$ 61.861.672,37.

 

 

*Redação/Daiara Souza

Comentários

Quer ficar por dentro de todas as notícias? Entre no nosso grupo do whatsapp: