Notícias

‘Meu contato com o campo é minha vida’, diz produtora de Guamiranga

Com a produção focada no leite e verduras, a propriedade de Maria de Lourdes Rodrigues Machado também tem espaço para plantar para o consumo próprio

Moradora da localidade Serra da Natureza, em Guamiranga, Maria de Lourdes Rodrigues Machado é mais um exemplo de mulher que trabalha no campo, vive a partir dele e gosta deste estilo de vida. “Sempre fiz isso, sempre lidei com animais, com lavoura, nunca saí. Desde criança, até agora”, conta.

 

Ela e o marido Dorival Gonçalves Machado têm na propriedade, que fica há 2 quilômetros da cidade, o trabalho voltado para três atividades. “Nossa produção é verdura, lavoura e agropecuária leiteira”, destaca Maria.

 

Duas delas são fontes de renda para o casal. O leite, por exemplo, é vendido para a “bacia leiteira”, segundo Maria. Já as verduras, tem duas formas de vendas. Uma para pessoas que já são clientes, e a outra é a feira do produtor.

 

Além do trabalho voltado para a geração de renda para a família, Maria e Dorival têm na lavoura uma fonte de economia doméstica. Isso porque, o milho plantado é destinado a silagem e o feijão para consumo próprio.

 

Participação ativa

 

Cada vez mais o meio rural têm encontrado formas de compartilhar conhecimentos e criar mecanismos que auxiliam os produtores de diversas formas. Para Maria, participar de associações é uma maneira de unir os agricultores em favor de expandir a produção e as vendas.

 

“É uma forma da gente se unir e buscar mais formas de comercialização e projetos para venda dos nossos produtos”, explica.

 

A produtora participa da Associação da Agricultura Familiar de Guamiranga (Afag) e da Associação dos Produtores de Leite de Guamiranga (Aproleg).

 

Ela também comenta que tem planos para aumentar a produção de verduras, e consequentemente, as vendas. Além disso, também quer começar a produzir frutas na propriedade.

 

Família

 

O casal tem cinco filhos: Aline, Alana, Jonni, Julia e Adriano, que faleceu há cerca de seis meses aos 30 anos.

Texto: Daiara Souza

Comentários

Quer ficar por dentro de todas as notícias? Entre no nosso grupo do whatsapp: