Notícias

Vespeira Agro, em Ivaí, investe na tecnologia e colhe bons resultados na lavoura

Propriedade colhe os benefícios do investimento na agricultura de precisão

Mateus recomenda os produtores a investir na tecnologia para melhorar seus resultados no campo

Hoje, a produtividade no campo está diretamente ligada à tecnologia e a correta tomada de decisões. A Fazenda Vespeira, em Ivaí, é um exemplo de como é possível alavancar resultados positivos, com o uso de máquinas agrícolas com mais tecnologia.

 

 

Mateus Stadler, administrador da fazenda e adepto do uso de máquinas agrícolas da Stara, conta que desde 2012 vinha acompanhando o trabalho da lavoura com o pai Francisco (conhecido como Chicão), mas foi em 2017 quando assumiu a administração que buscou inserir cada vez mais tecnologia em todas as etapas de produção da lavoura.

 

 

“Quando assumi eu trouxe a tecnologia para dentro da propriedade. O amor pela agricultura e por máquinas agrícolas vem desde criança. Quando era pequeno já dizia que queria ser o agrônomo do pai para cuidar da lavoura. Sempre gostei de estar junto com meu pai, cultivando e aprendendo”, comenta Mateus.

 

 

Durante os cinco anos do curso de Agronomia, Mateus trabalhava durante o dia na lavoura e a noite ia para Ponta Grossa estudar.

 

 

TRANSFORMAÇÃO DIGITAL

 

 

Até então todos os tratores da fazenda eram sem cabines, as plantadeiras eram mecânicas, as colhedeiras mais antigas, mas quando Mateus assumiu, ele trouxe a modernidade. Assim, foram adquiridos tratores cabinados, com piloto automático, plantadeira a vácuo, por exemplo.

 

 

“Fomos caminhando para uma agricultura mais digital para rentabilizar mais. Hoje com todos os preços em alta, precisamos prezar pela tecnologia, que nos traz economia nos custos, melhora a produtividade e lucratividade da lavoura”, explica.

 

 

TAXA VARIÁVEL

 

 

Entre as inovações da Agricultura de Precisão está a utilização de mapas de taxa variável. Através deles é possível aproveitar o máximo potencial produtivo do solo. Isso porque o mapeamento da área resulta em diferentes zonas de manejo e indica a taxa ideal de insumos para cada uma dessas zonas. Para auxiliar na utilização desses mapas, há a Telemetria Stara.

 

 

“Ano passado adquirimos uma plantadeira da Stara, primeiro trabalhamos com ela em taxa fixa, a gente programa e a máquina entrega. Em 2021, conseguimos inserir em toda a propriedade o plantio em taxa variável, da semente e o adubo”, comenta.

 

 

Segundo o produtor, a rentabilidade foi muito maior. “Pensando só pelo lado econômico, só o que economizei nesta safra, já paga a metade do valor da plantadeira e até sobra dinheiro”, conta Mateus.

 

 

OTIMIZAÇÃO DO TEMPO

 

 

Outro benefício é que a plantadeira da Stara é autotransportável. “Esse recurso faz você ganhar horas do trabalho, que antes era destinado para transportar a antiga máquina de um lugar para outro”, relembra.

 

 

Stadler comenta que pensa em expandir esse trabalho para outras safras, como a de inverno, que ainda trabalha com taxa fixa com uma máquina sem tecnologia.. “Estamos negociando uma semeadeira com a Stara para o inverno, para que possamos trabalhar o ciclo fechado – Verão, Inverno e Safrinha, com mesma tecnologia”, afirma.

 

 

Mateus recomenda para os produtores o investimento na tecnologia. “Invista em tecnologia por que você terá retorno. Não tenha medo, muitas vezes a gente tem medo da tecnologia, pensando será que funciona, será que vai dar certo, mas se investir na tecnologia certa, isso vai te trazer resultados e lucratividade”, indica o produtor.

 

Se você quiser conhecer mais sobre o trabalho na propriedade siga o insta @mateusstadler.

 

Texto: Adriana Souza

Comentários

Quer ficar por dentro de todas as notícias? Entre no nosso grupo do whatsapp: