Notícias

Vice-prefeita de Teixeira Soares participa de encontro com agricultoras do Coletivo Triunfo

Entre as atividades estavam as visitas em duas propriedades do município, trocando ideias entre as mulheres e observando a diversificação de várias culturas de produtos orgânicos

Foto: assessoria

 

A vice-prefeita de Teixeira Soares, Juliana Belinoski, esteve presente na Celebração do Grupo de Mulheres do Coletivo Triunfo, que ocorreu na quarta-feira (23), no assentamento São Joaquim.

 

Ao todo, 53 mulheres participaram do encontro, entre elas, dos assentamentos São Joaquim, Carvorite e Colônia Nove, de Teixeira Soares, e dos municípios de Palmeira, Rio Azul e São João do Triunfo.

 

Entre as atividades do evento, estavam as visitas em duas propriedades do município, trocando ideias entre as mulheres e observando a diversificação de várias culturas de produtos orgânicos, como milho, arroz, melão, mandioca, amendoim, verduras, ervas e flores cultivadas por elas. Além do consumo familiar, elas fazem a troca de sementes crioulas com mulheres de outros municípios.

 

Para Juliana Belinoski, foi um dia de muita alegria por poder partilhar experiências e aprendizado com outras Agricultoras. “Assim como Dona Elza Cordeiro, do Assentamento São Joaquim, vem fomentando associação constituída há dois anos, essas mulheres fazem a diferença em nosso município com suas forças, garra e coragem em procurar melhorar cada dia mais a vida das pessoas, sem precisar deixar o campo e envolvendo a família e a comunidade na agricultura e dando sustentabilidade na agricultura familiar”, declara Belinoski.

 

Com o objetivo de divulgar as atividades das mulheres agricultoras e buscar mais valores, pensando em como melhorar a demanda política das participantes do grupo, a partir do coletivo é possível comercializar produtos orgânicos e fazer a troca de conhecimento entre as mulheres, resultando na qualidade e diversificação dos produtos entregues na merenda escolar.

 

“Através desta comercialização conseguindo trazer mais renda para as produtoras, resulta também na movimentação do comércio. Através da compra de outros produtos não produzidos em suas propriedades”, aponta Elza Cordeiro, coordenadora do projeto.

 

 

***Assessoria com edição

Comentários

Quer ficar por dentro de todas as notícias? Entre no nosso grupo do whatsapp: