Notícias

UEM e IDR-PR firmam parceria para fomentar turismo rural

Objetivo é estimular e valorizar o trabalho de cerca de mil agricultores familiares e artesãos envolvidos em turismo rural, agroindústria, cooperativismo e promoção da cidadania

 

Foto: UEM

 

A Universidade Estadual de Maringá (UEM) firmou um termo de cooperação técnica com o Instituto de Desenvolvimento Rural do Paraná-Iapar-Emater (IDR-Paraná) para, inicialmente em 2022 e 2023, estimular e valorizar o trabalho de cerca de mil agricultores familiares e artesãos envolvidos em turismo rural, agroindústria, cooperativismo e promoção da cidadania.

 

 

 

Trata-se de incentivo à criação de novos modelos, por exemplo, de souvenirs, que empreguem cultura, conhecimento tradicional e simbolismo, ao mesmo tempo em que haja geração de emprego e renda no campo.

 

 

 

A parceria foi firmada nesta quinta-feira (07), na Via Rural – Fazendinha, na ExpoLondrina. Assinaram o termo de cooperação o reitor da UEM, Julio César Damasceno, o diretor-presidente do IDR-Paraná, Natalino Avance de Souza, e o superintendente de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Seti) do Estado, Aldo Nelson Bona.

 

 

 

De acordo com Anderson Theodoro, servidor do Câmpus Regional de Cianorte (CRC) e coordenador-adjunto do projeto pela UEM, busca-se aproximar a pesquisa universitária da zona rural. “O turismo tem se apresentado como uma fonte de renda cada vez mais importante para muitas famílias. Prepará-las para as novas tecnologias voltadas à comunicação, à criatividade e ao desenvolvimento das suas potencialidades locais é o papel que a UEM terá”, afirma o profissional.

 

 

 

Segundo ele, o projeto nasceu dentro das estratégias de turismo desenvolvidas em Cianorte, local onde a UEM tem representação no Conselho Municipal de Turismo.

 

 

 

O reitor da UEM ressaltou o caráter territorial da ação e a capacidade de apresentação de soluções para alcance dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), estabelecidos pela Organização das Nações Unidas (ONU). “O mundo mudou muito e temos aprendido que precisamos encontrar outras formas para tratar o rural, afinal o campo também produz cultura e arte. Que esse projeto nos permita avançar ainda mais, dando dignidade às famílias do campo e fazendo com que o jovem se interesse por assumir a propriedade rural”, destaca.

 

 

 

NA PRÁTICA

 

 

 

A UEM fará treinamentos sobre: elaboração de fotografias com finalidade de divulgação de produtos em mídias sociais; identificação e aplicação de identidade no artesanato por meio de técnicas de criatividade; e elaboração de produtos de artesanato, por meio do uso de casulos de seda, com melhoria da qualidade das peças e foco na identidade regional.

 

 

 

Atuará, ainda, na identificação de ações de extensão em vigência no Sistema de Gestão de Projetos da UEM e estabelecimento de contato entre as partes para futura assessoria aos envolvidos.

 

 

 

Conforme prevê o Plano de Trabalho Integrado, o IDR-Paraná vai organizar e articular o público-alvo para participação nos eventos de capacitação; definir profissionais internos a serem capacitados pela UEM; inserir os trabalhos no Sistema de Planejamento (Sisater); e divulgar as peças elaboradas.

 

 

 

***IDRPR

Comentários

Quer ficar por dentro de todas as notícias? Entre no nosso grupo do whatsapp: