Notícias

Regional de Irati é a primeira no Paraná em produção de tabaco

A produção de tabaco no estado ocupa o 3º lugar no ranking nacional

O setor fumageiro envolve em torno de 29 mil famílias nos municípios que integram a Regional de Irati, e representa 31% do total produzido, um valor de produção de R$ 1 bilhão no estado. Hoje, o Paraná é o terceiro maior produtor de tabaco do Brasil. Apesar de grande representatividade, o setor vem há anos enfrentando diversas dificuldades.

 

Exemplo, foi a última safra de 2019/2020 que foi um sucesso absoluto em termos de produção, mas tornou-se na maior problemática em termos de comercialização. Segundo o Departamento de Economia Rural do Paraná (Deral), a produtividade foi excelente com 2.465/ha, a maior já alcançada em nosso Estado. A Pandemia provocada pelo Coronavírus COVID-19, afetou a comercialização durante a maioria dos meses.

 

Em recente entrevista ao AgroRegional, o presidente do Sindicato de Irati e representante dos fumicultores pela Faep no Fórum Nacional do Tabaco, e nas Cadecs do Tabaco, há cinco anos o setor vem tendo constantes dificuldades.

“Hoje, há nove empresas integradoras no sul do Brasil e nos últimos cinco anos, foram realizados apenas dois acordos parciais de preços. Esse número era para ser em torno de 45 acordos. Há uma dificuldade muito grande na negociação com essas empresas sobre o custo da produção”, comenta Mesaque.

O custo da produção, as dificuldades de negociação com as empresas fumageiras, a grande pressão regulatória são os principais fatores que impactam o setor. “Está sendo formulado uma proposta que em breve deve ser apresentado para amenizar o desequilíbrio que há hoje na cadeia produtiva e que em breve iremos divulgar”, relata Mesaque.

A lei de Integração que surgiu em 2016 tem o objetivo de buscar um equilíbrio nas negociações entre milhares de produtores, e as grandes empresas do setor, mas há ainda diversas partes que necessitam de regulamentação.

 

Tabela fumo

Comentários

Quer ficar por dentro de todas as notícias? Entre no nosso grupo do whatsapp: