Notícias

Queda na produção eleva preço da cenoura no Paraná

De acordo com o Boletim Semanal de Conjuntura Agropecuária, algumas hortaliças tiveram 100% de aumento para os consumidores

 

Nos últimos meses, algumas hortaliças tiveram aumento de até 100% nos preços para os consumidores. A variação tem como causa fatores climáticos descritos no Boletim Semanal de Conjuntura Agropecuária referente à semana de 18 a 24 de março.

 

O documento é preparado pelos técnicos do Departamento de Economia Rural (Deral), da Secretaria de Estado da Agricultura e do Abastecimento.

 

De acordo com o boletim, entre as hortaliças que sofreram maior alta no Paraná estão cenoura, chuchu e repolho. Esses itens dobraram de preço entre janeiro e fevereiro. Nesses meses, a Região Sul do País sofreu com a falta de chuva, o que prejudicou o desenvolvimento das plantas. Por outro lado, em março, foi o excesso de precipitações que fez com que as perdas no campo se avolumassem.

 

Além disso, no Paraná, algumas regiões produtoras de couve-flor e repolho ainda foram atingidas por queda de granizo. A menor oferta dos produtos provocou aumento dos preços nas prateleiras.

 

No caso da cenoura, os principais estados produtores são Minas Gerais e Bahia. Todos tiveram excesso de chuva no início do ano, provocando redução na produção, que se refletiu nos valores de mercado.

 

***Seab com edição

Comentários

Quer ficar por dentro de todas as notícias? Entre no nosso grupo do whatsapp: