Notícias

Primeira quinzena de novembro será de tempo estável no Paraná

Os dados com previsão para novembro são do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), consultados pela Cocari

 

O mês de novembro terá seu início apresentando grandes volumes de chuva em importantes áreas de produção agrícola do Brasil. No entanto, o Paraná terá tempo estável.

 

 

Dados recentes do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) apontam que foi favorecida a formação de um corredor de umidade na região central do país, de modo que as chuvas mostram intensidade nesta área.

 

 

De acordo com o meteorologista Celso Oliveira, da Climatempo, nas áreas de atuação da Cocari, percebe-se maior acumulado previsto para Goiás e Minas Gerais (mais de 130mm) comparando-se com o Paraná (entre 70mm e 100mm). “Trata-se de algo normal para época do ano e desejável, já que a precipitação já não virá tão frequente e intensamente ao Paraná, ajudando a retomada das atividades de campo, enquanto a umidade do solo no Cerrado aumentará ainda mais nesta quinzena”, explica.

 

 

Segundo o supervisor técnico da Cocari no Cerrado, Flávio Augusto Teixeira Cancian, as chuvas na região têm encorajado os produtores. “O volume de chuvas até o momento é bom no Cerrado. Temos mais de 100 mm em toda a área de atuação da cooperativa nos estados de Minas e Goiás, e as novas precipitações ocorridas no final da semana anterior animaram os agricultores que estavam parando o plantio à espera de novas chuvas”, disse.

 

 

Lavouras

 

Para o supervisor técnico, a precipitação será benéfica ao desenvolvimento das lavouras. “O ritmo dos trabalhos a campo é intenso e chegamos à metade da área de plantio de forma geral. Novas chuvas agora são necessárias para o bom estabelecimento das lavouras de verão e para o desenvolvimento das áreas já implantadas”, comenta.

 

 

Cancian falou sobre o andamento dos trabalhos em relação às safras passadas. “Estamos ligeiramente adiantados se compararmos o plantio de soja desta safra ao dos anos anteriores, então, se as previsões se concretizarem e recebermos bons volumes de chuva, o agricultor ainda concluirá a operação dentro de uma boa janela de plantio e as lavouras se estabelecerão bem”, analisa.

 

Fonte: Cocari

Comentários

Quer ficar por dentro de todas as notícias? Entre no nosso grupo do whatsapp: