Notícias

Previsão do Outono de 2021 é de chuvas abaixo da média

Lã Nina perde força e deve se dissipar até a chegada do inverno do Brasil

Os meses de abril, maio e junho, no estado do Paraná, apresentam diminuição no volume de chuva em relação ao verão devido ao deslocamento das primeiras massas de ar frio e seco. Com isso, o intervalo entre as chuvas se torna maior e estão associados principalmente à passagem de frentes frias. Os maiores volumes de chuva são registrados nas regiões Sudoeste e Oeste e os menores no setor norte do Paraná e maio apresenta volume de chuva ligeiramente maior que em abril e junho.

Ao longo da estação as massas de ar de ar frio e seco com origem na Antártica e/ou sul da América do Sul avançam em direção ao Paraná, ocasionando a diminuição mais frequente nas temperaturas e a períodos mais frios, com formação de geadas nas Regiões Sudoeste, Sul, Centro Sul e sul dos Campos Gerais e da Região Metropolitana de Curitiba. Além da ocorrência de noites e manhãs frias a estação registra a formação de nevoeiros e veranicos também fazem parte da climatologia do Paraná.

Em grande escala, o fenômeno climático La Niña segue atuando sobre as águas do Oceano Pacífico Equatorial, porém as previsões climáticas, até 6 meses, mostram que o fenômeno se encontra em enfraquecimento e posterior dissipação até o inverno de 2021, mesmo assim ainda vai influenciar o clima do Paraná. Diante disso, a previsão para o outono de 2021 para o estado do Paraná é de um volume de chuva cada vez menor, com vários dias consecutivos sem precipitação e distribuição trimestral abaixo da climatologia. Os principais eventos de chuva serão associados à passagem de frentes frias.

As ondas de ar frio e seco se tornam mais frequentes e intensas no decorrer da estação e ocasionam declínios expressivos da temperatura do ar, levando à noites e manhãs frias e tardes quentes.

Os veranicos, as geadas e os nevoeiros são fenômenos típicos da estação no Paraná, com intensidade e duração variáveis conforme o padrão climático predominante em cada região.

Fonte: Simepar

previsão do outono

TABELA – Valores das médias históricas de chuva (faixa de variação), temperatura mínima e temperatura máxima para cada região do Paraná nos meses de abril, maio e junho.

Comentários

Quer ficar por dentro de todas as notícias? Entre no nosso grupo do whatsapp: