Notícias

Plantio de cevada e trigo estão encerrados no Paraná

Em relação à cevada, a Seab aponta que as condições das lavouras estão excelentes e o solo úmido favorece o desenvolvimento da planta

Foto:Jaelson Lucas / AEN

 

O plantio da cevada já está finalizado em todo Estado, com 100% da área plantada.

 

Houve um aumento de 6% da área, totalizando 78.9 mil hectares. As condições das lavouras estão excelentes e o solo úmido favorece o desenvolvimento da planta.

 

No momento, 30% dos grãos estão comercializados, devido ao fomento das cooperativas de malte no Paraná.

TRIGO

 

O plantio de trigo foi encerrado no Paraná, totalizando uma área estimada em 1,17 milhão de hectares. Essa área é 5% inferior à plantada em 2021, em virtude da maior atratividade do milho de segunda safra. As condições de semeadura foram ideais para todas regiões, porém, as lavouras plantadas no Norte do Paraná começaram, recentemente, a sentir os efeitos da ausência prolongada de chuvas.

 

 

De acordo com a Seab, há áreas de trigo que estão há mais de 30 dias sem ocorrência de precipitações e foram classificadas como ruins neste último relatório de Condições de Tempo e Cultivo. Havia na semana anterior 95% das lavouras em boas condições e 5% médias, ante 91% boas, 8% médias e 1% em condições ruins nesta semana.

 

Apesar disto, a expectativa de produção foi mantida no potencial de 3,9 milhões de toneladas na Previsão Subjetiva de Safra de julho, tanto em virtude da extensão pequena das áreas ruins, quanto em função do trigo ser uma planta relativamente tolerante ao estresse hídrico, dificultando uma conclusão sobre perda de potencial produtivo mais precocemente.

 

No momento, aproximadamente 42% das lavouras paranaenses estão em fases mais sensíveis a perdas por estresse hídrico ou congelamento. A frente fria que chega ao Paraná nesta semana pode trazer algum alívio em relação à falta de chuvas, porém, os volumes esperados de precipitação não são expressivos no Norte do Estado. As geadas, por sua vez, devem ficar mais restritas a regiões com lavouras em desenvolvimento vegetativo, especialmente no Centro-Sul, não devendo trazer problemas caso as temperaturas previstas se confirmem.

 

*Informações do boletim da Seab

Comentários

Quer ficar por dentro de todas as notícias? Entre no nosso grupo do whatsapp: