Notícias

No Paraná, 1ª safra de feijão 22/23 pode produzir 200 mil toneladas

Esta é a estimativa da Secretaria de Estado da Agricultura e do Abastecimento (SEAB). A área cultivada é de 110 mil hectares

 

Foto: Divulgação Iapar

 

 

O boletim da conjuntura da agropecuária paranaense divulgado na quinta-feira (19) mostra que a primeira safra de feijão de 2022/2023 tem uma área cultivada de 110 mil hectares e uma produção estimada de 200 mil toneladas. A cultura atravessa a fase de colheita, cujos trabalhos já alcançaram cerca de 38% da área em nosso Estado.

 

A informação é do Departamento de Economia Rural (Deral), órgão vinculado à Secretaria de Estado da Agricultura e do Abastecimento (SEAB).

 

Com relação à última safra, os trabalhos de colheita estão atrasados, uma vez que até meados de janeiro 70% estavam concluídos. Este atraso deve-se principalmente às condições climáticas desfavoráveis, com excesso de chuvas, a maioria dos produtores efetuou o plantio mais tarde.

 

O feijão colhido, até o momento, é de boa qualidade, porém a queixa dos produtores é com a baixa produtividade, principalmente nas lavouras dos meses de agosto e setembro. Segundo os técnicos do Estado, neste período houve excesso de chuvas e baixas temperaturas o que prejudicou o desenvolvimento normal das lavouras.

 

 

*AEN-PR com edição

Comentários

Quer ficar por dentro de todas as notícias? Entre no nosso grupo do whatsapp: