Notícias

Museu da Erva-mate e da Cultura Polonesa de São Mateus do Sul levará o nome de Enedina Alves Marques

Enedina Alves Marques foi a primeira Engenheira Civil Negra do Brasil e lecionou na 1ª Escola do Estado de São Mateus do Sul, local que abrigará o museu

 

No último dia 13 de janeiro foi comemorado o 110° aniversário da 1ª Engenheira Negra da história do Paraná, Enedina Alves Marques. A paranaense foi homenageada pelo Google em seu mais novo “doodle”, que são personalizações especiais que o maior buscador do mundo utiliza para destacar alguma data histórica ou homenagear pessoas.

 

No mesmo dia, a Prefeitura de São Mateus do Sul anunciou que já está em finalização o projeto de reforma e restauração da 1ª Escola do Estado em na cidade, na qual Enedina foi professora antes de retornar para Curitiba e finalizar a sua formação como Engenheira Civil, sendo a primeira Engenheira Civil Negra do Brasil.

 

O projeto depois de licitado e finalizado abrigará o Museu da Erva-mate e da Cultura Polonesa, o espaço levará o nome da Professora Enedina Alves Marques. Além de ter contribuído para a educação em São Mateus do Sul, Enedina realizou grandes feitos, uma delas foi a Usina Capivari-Cachoeira, que é a maior central hidrelétrica subterrânea do sul do Brasil.

 

O projeto e execução do futuro museu deverá valorizar toda arquitetura original. “São Mateus do Sul ganhará mais um espaço de visitação turística onde poderemos manter viva a cultura Polonesa, as raízes do cultivo da erva-mate e ao mesmo tempo homenageará essa grande mulher brasileira reconhecida internacionalmente”, destacou a Prefeitura.

 

*Assessoria com edição da Redação

Comentários

Quer ficar por dentro de todas as notícias? Entre no nosso grupo do whatsapp: