Notícias

Mercado de soja deve ser lento nesta quinta-feira, no Brasil

Conforme a Agência Safras, o mercado de soja teve um dia de poucos negócios no Brasil na terça. Além disso, o produtor segue priorizando o plantio

 

O mercado brasileiro de soja deve ter mais um dia de poucos negócios. Os preços deverão oscilar pouco, mas com perdas predominantes.

 

Chicago e dólar operam em baixa. Diante deste quadro, os produtores seguem retraídos, priorizando o plantio.

 

Com a volatilidade de Chicago e do câmbio, o mercado brasileiro de soja teve um dia de poucos negócios e de preços regionalizados no Brasil na terça. O produtor segue priorizando o plantio.

 

Em Passo Fundo (RS), a saca de 60 quilos baixou de R$ 170,50 para R$ 170,00. Na região das Missões, a cotação recuou de R$ 169,50 para R$ 169,00. No porto de Rio Grande, o preço passou de R$ 174,50 para R$ 173,50.

 

Em Cascavel, no Paraná, o preço caiu de R$ 169,00 para R$ 168,50 a saca. No porto de Paranaguá (PR), a saca baixou de R$ 173,00 para R$ 172,00.

 

Em Rondonópolis (MT), a saca ficou em R$ 164,00. Em Dourados (MS), a cotação baixou de R$ 162,50 para R$ 162,00. Em Rio Verde (GO), a saca permaneceu em R$ 163,00.

 

O SAFRAS CTDI, índice de preço de soja do Brasil no mercado físico, calculado por SAFRAS & Mercado e pela China TickData, está em 221,94 pontos, estável.

 

Fonte: Agência Safras

Comentários

Quer ficar por dentro de todas as notícias? Entre no nosso grupo do whatsapp: