Notícias

Mallet realizou um dos maiores eventos técnicos de erva-mate no Paraná

Encontro reuniu em torno de 200 pessoas, entre produtores, técnicos e empresas do setor ervateiro

 

O 2º Encontro Regional da Erva-Mate, realizado no dia 10 de março em Mallet, foi amplamente prestigiado por um público de 11 diferentes municípios, entre produtores, técnicos e empresas do setor ervateiro. O evento, que foi realizado através de uma parceria entre a Ervateira Sokolowski, IDR/PR, Prefeitura de Mallet, Sicredi e Embrapa Florestas, já se consolida como referência aos ervateiros.

 

 

 

O sócio proprietário da Ervateira Sokolowski, Alvin Sokolowski, comenta que foi buscado expor aos produtores sobre as técnicas adequadas para o cultivo da erva-mate. “Pequenos ajustes no cultivo, como a poda e o sombreamento interferem diretamente na produção”, comenta ele que tem ampla experiência junto com a família no cultivo da erva-mate, já são 22 de atuação no setor ervateiro.

 

 

 

Outra questão abordada por Alvin, é a Indicação Geográfica (IG) da erva-mate de Mallet, Rio Azul, Rebouças, São João do Triunfo e Antônio Olinto. “Isso confere já uma grande diferenciação, pois a erva produzida aqui é única no mundo, devido a suas características locais como clima, sombreamento, isso agregado a genética e manejo, faz que com o produtor tenha uma produção e rentabilidade diferenciada”, expõe o ervateiro.

 

 

 

CONHECIMENTO COMPARTILHADO

 

Pela manhã, os agrônomos do IDR/PR, Juliano e da Embrapa Florestas, Ives, falaram sobre tecnologia da produção e manejo dos ervais.

 

Pela manhã, os presentes puderam acompanhar as palestras com o pesquisador e doutor, o engenheiro agrônomo, Ives Goulart da Embrapa Florestas e o extensionista, engenheiro agrônomo, Vinicius Silva Tina do IDR-Paraná.

 

 

 

“Pela manhã, fizemos a explanação do Sistema Erva 20, desenvolvido pela Embrapa, que trata de um conjunto de práticas em ervais plantados que visam ao aumento da eficiência e sustentabilidade destes cultivos. E a tarde, no erval, pudemos mostrar de uma forma prática sobre as técnicas e também esclarecer dúvidas que o produtor trouxe da sua propriedade”, explica Ives.

 

 

 

Ele ainda dá dicas importantes ao produtor de erva-mate. “Capacite-se, busque cursos online e presenciais, e tenha uma assistência técnica. Esses dois fatores irão trazer com eles todos os demais, principalmente, a melhor produtividade”, destaca o agrônomo da Embrapa Florestas.

 

A tarde, os produtores puderam ter dicas na prática do manejo dos ervais, além de esclarecer dúvidas sobre seus cultivos.

RETORNO POSITIVO

 

 

Segundo o extensionista do IDR, em Mallet, Juliano de Lima Souza, que participou da organização, quem participou do evento passou um retorno positivo pedindo, inclusive, para transformar em um encontro anual.

 

 

ERVA-MATE EM NÚMEROS

 

 

 

Os levantamentos da produção de erva-mate no Brasil são de responsabilidade do IBGE e divididos da seguinte forma: Produção Agrícola Municipal (PAM) – que é a erva plantada a pleno sol e; Produção da Extração Vegetal e Silvicultura (PEVS).

 

 

 

Pelo PAM, o Paraná foi o principal produtor neste levantamento, com um volume de 228.382 toneladas. Responsável por 43% da produção nacional, o Estado aumentou em 15% a produção comparada ao ano de 2019. Já pelo PEVS, referente aos ervais nativos ou sombreados, em 2020 foram produzidas 425.970 toneladas de erva-mate, e o Paraná se destaca com uma produção de 372.251 toneladas, o que corresponde a 87% de toda a produção do País.

 

CONTATOS

 

Endereço: Colônia 3 – Mallet – Paraná

Telefone/WhatsApp: (42) 99107-0998

Facebook: Ervateira Sokolowski

Instagram: @sokolowski.mate

Comentários

Quer ficar por dentro de todas as notícias? Entre no nosso grupo do whatsapp: