Notícias

Lavouras de milho verão 2022/23 do Paraná apresentam piora nas condições, indica Deral

A safra de verão 2022/23 de milho no Paraná está estimada 3,734 milhões de toneladas, alta de 25% frente às 2,963 milhões de toneladas colhidas na 1ª safra 2021/22

 

O Departamento de Economia Rural (Deral), vinculado à Secretaria de Estado da Agricultura e do Abastecimento do Paraná (SEAB), informou que as lavouras de milho verão da safra 2022/23 se dividem entre as fases de crescimento vegetativo (21%), floração (35%), frutificação (40%) e maturação (4%). No momento, 79% das lavouras de apresentam boas condições de desenvolvimento, 18% estão em situação média e 3% ruins na área cultivada de 383,9 mil hectares. Ela deve ficar 10% aquém dos 432,1 mil hectares cultivados na safra verão 2021/22.

 

No dia 19 de dezembro, 82% das lavouras estavam em boas condições, 16% em situação média e 2% ruins, com 38% na fase em crescimento vegetativo, 36% em floração, 25% em frutificação e 1% em maturação.

 

A safra de verão 2022/23 de milho no Paraná está estimada 3,734 milhões de toneladas, alta de 25% frente às 2,963 milhões de toneladas colhidas na 1a safra 2021/22. A produtividade para a 1a safra 2022/23 é estimada em 9.727 quilos por hectare, acima dos 7.005 quilos por hectare da safra anterior (2021/22).

 

Feijão

 

Para o feijão, o Deral informou que a colheita da 1a safra 2022/23 chegou a 15% no estado. As lavouras se dividem entre as fases de crescimento vegetativo (8%), floração (21%), frutificação (42%) e maturação (29%), com 61% em boas condições, 36% em condições médias e 3% ruins.

 

No dia 19 de dezembro, a colheita atingia 7% da área, com 61% das lavouras em boas condições, 35% em situação média e 4% ruins, com 15% das lavouras na fase de crescimento vegetativo, 35% em floração, 35% em frutificação e 15% em maturação.

 

 O Deral estimou que a produção da 1a safra de feijão em 2022/23 deve chegar a 203,2 mil toneladas, 4% acima das 195,6 mil toneladas na safra anterior (2021/22).

 

A área plantada na 1a safra 2022/23 foi estimada em 110,3 mil hectares, 21% abaixo dos 139,3 mil hectares plantados na safra anterior (2021/22). A produtividade é estimada em 1.842 quilos por hectare, alta ante os 1.404 quilos por hectare da safra 2021/22.

 

 

 

*Safras e Mercado

Comentários

Quer ficar por dentro de todas as notícias? Entre no nosso grupo do whatsapp: