Notícias

IDR-Paraná lança soja para cultivo orgânico

Novas cultivares atendem mercado de alimentos saudáveis. Lançamento será no dia 9 durante o Show Rural Coopavel

 

 

O IDR-Paraná (Instituto de Desenvolvimento Rural do Paraná — Iapar-Emater) finalizou três cultivares de soja para alimentação humana e cultivo no sistema orgânico de produção — IPR Basalto, IPR Petrovita e IPR Pé-Vermelho.

 

As novidades serão mostradas no Show Rural, em Cascavel, em apresentação dirigida a produtores, técnicos, dirigentes e lideranças do agronegócio. O evento de lançamento está programado para o dia 9 de fevereiro, no estande que a instituição mantém na feira.

 

“Nossa intenção é incentivar o consumo humano da oleaginosa, ainda muito pequeno no Brasil apesar de sermos o maior produtor mundial desse grão”, explica o engenheiro agrônomo Wilmar Ferreira Lima, melhorista do IDR-Paraná responsável pelo desenvolvimento das cultivares.

 

Ele acrescenta que a soja é utilizada no segmento de alimentação saudável, e o produto orgânico pode ser uma boa alternativa renda ao produtor. “É um nicho de mercado com potencial de crescimento”, avalia.

 

O pesquisador também lembra que o lançamento das cultivares é parte de um esforço para oferecer opções aos produtores, tendo em vista a política pública do governo estadual que prevê a inclusão gradativa de orgânicos na merenda das mais de duas mil escolas estaduais, com previsão para chegar a 100% desses alimentos até 2030.

 

 

Cultivares

 

 

Os grãos das cultivares têm sabor delicado e podem ser levados ao preparo culinário sem tratamento térmico preliminar. “É o maior diferencial desses materiais, eliminamos as enzimas que dão gosto desagradável e dificultam o consumo da soja na alimentação humana”, explica Lima.

 

 

No campo, IPR Basalto, IPR Petrovita e IPR Pé-Vermelho se destacam pelo alto potencial produtivo — podem passar de 5 toneladas por hectare — e o bom desempenho frente às principais doenças que atingem lavouras de soja.

 

 

O ciclo precoce é outro diferencial. Os novos materiais chegam à colheita entre 115 e 125 dias após o plantio. “São bastante apropriadas para produtores que adotam o cultivo do milho safrinha e outras culturas no inverno”, esclarece Lima.

 

 

Com ampla adaptação, são indicadas para cultivo em São Paulo (Região Sul), Paraná (com exceção da Região Noroeste), Santa Catarina (Oeste, Centro-Norte e Nordeste) e Rio Grande do Sul (Noroeste, Norte e Nordeste).

 

 

Mais informações pelo telefone (43) 3376-2133 ou comercial@idr.pr.gov.br.

 

 

Parceria

 

 

 

 

As cultivares IPR Basalto, IPR Petrovita e IPR Pé-Vermelho são resultado de trabalho colaborativo entre IDR-Paraná, Universidade Estadual de Londrina (UEL), Universidade Federal de Viçosa e Gebana Brasil.

 

 

Show Rural

 

 

 

Uma realização da Cooperativa Agroindustrial de Cascavel (Coopavel), o Show Rural tem início segunda-feira (7) e prossegue até o dia 11. Em sua 34ª edição, é considerado um dos mais importantes eventos voltados à divulgação de tecnologias agrícolas no país.

 

 

Serviço

 

 

 

Lançamento das cultivares de soja IPR Basalto, IPR Petrovita e IPR Pé-Vermelho

Data: 9 de fevereiro (quarta-feira)

Horário: 9 horas

Local: Estande do IDR-Paraná (antiga Casa do IAPAR) no Show Rural

BR 277, km 577 | Cascavel – PR

Reportagem: Edmilson Liberal

Comentários

Quer ficar por dentro de todas as notícias? Entre no nosso grupo do whatsapp: