Notícias

Atividade hidropônica rende bons resultados à família de São Mateus do Sul

A Hidroponia foi o ramo escolhido pela família Przyvitowski para investir em 2016, a escolha veio por indicação de um familiar que viu uma reportagem falando sobre os bons resultados desse cultivo. Hoje, os produtores já completam cinco anos na atividade, com produtos comercializados no mercado local e regional.

O que é Hidroponia?

É a técnica de cultivar plantas sem solo, onde as raízes recebem uma solução nutritiva balanceada que contém água e todos os nutrientes essenciais ao desenvolvimento da planta.

 

As atividades são realizadas pelos casais, Wanderson e Eliane, e Wanderlei e Marizete, eles que são irmãos, concentram as atividades nas estufas que ficam na propriedade dos pais Przyvitowski, na localidade de Jaguatirica/Dois Irmãos, em São Mateus do Sul. Vale reforçar, que antes de iniciar na atividade, eles realizaram um curso do Rio Grande do Sul, sobre como trabalhar com os hidropônicos.

 

“A escolha da hidroponia foi principalmente pelo cultivo ser em uma área pequena com um retorno financeiro bom. Começamos com uma estufa pequena, para testar, ver se dava certo, por que naquela época não tinha produtos hidropônicos por aqui”, comenta Wanderson.

 

As pessoas não conheciam muito esse tipo de produto, o que foi um desafio que se transformou em oportunidade. “De início já começamos a entregar para dois mercados em São Mateus e aos poucos fomos expandindo também para restaurantes, lanchonetes, entre outros. Alface e Rúcula foram os primeiros cultivos que fizemos, continuamos com elas e acrescentamos agrião, salsinha, cebolinha e almeirão”, contam.

 

Hoje, na propriedade há três estufas, sendo uma de 528 metros quadrados, outra com 900 e outra com 600 metros. “Estamos ampliando as estufas, pois o mercado está crescendo cada vez mais, se tiver produção há comercialização”, explica Wanderlei.

 

DA SEMENTE A ENTREGA

 

A família faz desde a semeadura até a entrega dos produtos aos clientes na região. A produção na água é mais rápida que na terra, devido a ela ser realizada constantemente com uma solução nutritiva que é monitorada diariamente. Pelo cultivo ser realizado em estufas, é possível ocorrer durante o ano todo – esse é outro critério que resulta em produtos com mais qualidade pois ficam mais distante da ação de pragas e doenças. “Investimos mais em determinadas plantas de acordo com a estação, por exemplo, a alface tem mais saída no verão, já o agrião tem mais saída no inverno”, citam os irmãos.

 

A família conta que o trabalho é de segunda a segunda. “Mas, gostamos bastante do nosso trabalho e tudo tem saído como o planejado, por isso estamos bem contentes”, afirmam.

 

#BoletimAgroRegional #Hidroponia #SãoMateusdoSul

Comentários

Quer ficar por dentro de todas as notícias? Entre no nosso grupo do whatsapp: