Notícias

Fruticultor de Irati espera colher cerca de 8 toneladas de pêssegos este ano

A família Wnuk, de Governador Ribas, já trabalha com a fruta há uma década 

Foto: Reprodução Facebook/SECOM Irati

 

O pêssego é um dos, se não o maior símbolo da fruticultura iratiense. A fruta que está presente em muitas propriedades rurais do município é tão relevante no setor que a festa em sua homenagem chegou a 42ª edição nos dias 3 e 4 de dezembro de 2022.

 

Um dos produtores que estará presente comercializando e expondo a produção é Marcos Antonio Wnuk, de Governador Ribas. Ele trabalha com a fruta já há pelo menos 10 anos e iniciou o cultivo incentivado pela Prefeitura.

 

Apesar de financeiramente não ser o destaque da produção agropecuária local, a qualidade é o diferencial. Conforme Marcos, na propriedade da família Wnuk são destinados dois hectares para os pomares de pêssego. A cultura teve tanta relevância que abriu espaço para que ele iniciasse o cultivo de outras frutas.

 

“Produzimos morangos também. Os pêssegos estão produzindo em média 8 toneladas e calculamos essa mesma quantia para esse ano”, comentou o agricultor. De acordo com ele, a produção possui dois destinos. “Nós entregamos as vezes no mercado e também vendemos na rua em frente a papelaria Freitas”, destacou. Entre as variedades cultivadas, estão a Kampai, PS e Chimarrita.

 

 

Foto: Reprodução Facebook/SECOM Irati

 

Atualmente o trabalho na propriedade é feito em família, são quatro pessoas no total. Ainda assim Marcos vislumbra mais uma possibilidade de ampliação de variedades “Nós acreditamos que o maracujá seja uma boa alternativa também”, afirmou.

 

No último mês a Secretaria Municipal de Agropecuária, Abastecimento e Segurança Alimentar de Irati anunciou a entrega de mudas de uma nova cultivar de maracujá para alguns produtores. Inicialmente será uma produção teste, mas a intenção da pasta é ampliar para cerca de 50 produtores para incentivar a diversificação frutífera no município. A variedade foi desenvolvida pelo Instituto de Desenvolvimento Rural (IDR-PARANÁ) com o objetivo de ampliar o mercado da fruta. Ela se destaca por ser uma boa opção tanto para a venda para indústria, quanto para o consumidor.

 

PÊSSEGO EM NÚMEROS

 

De acordo com a Secretaria de Agropecuária, Abastecimento e Segurança Alimentar, a produção de pêssegos em Irati deve chegar próximo a 300 toneladas e mesmo com o excesso de frio e dias chuvosos, está com boa qualidade.

 

 

A Secretaria de Estado da Agricultura e Abastecimento (SEAB) em relatório do Valor Bruto da Produção (VBP) aponta que no ano passado Irati teve um ganho de R$962.500,00 com a fruta. Além disso, a pasta estadual indica que foram colhidas 250 toneladas pelos produtores do município.

 

Segundo o secretário municipal de Agropecuária, Raimundo Gnatkowski, estão sendo preparadas em torno de 1500 mudas de pêssego para serem distribuídas até julho de 2023. “Somando, desde 2017 até agora, nós já entregamos sete mil mudas de pêssego. Esse ano a gente não distribuiu mudas de pêssego, mas trabalha apoiando a questão do morango, com assistência técnica principalmente, o maracujá com as mudas e o Revitis [Revitalização da Viticultura Paranaense], que é a uva, que estamos revitalizando também”.

 

 

*Redação/Daiara Souza

Comentários

Quer ficar por dentro de todas as notícias? Entre no nosso grupo do whatsapp: