Notícias

Fraco interesse vendedor deve limitar negócios com milho no Brasil

O mercado brasileiro apresentou estabilidade nesta segunda-feira (23). No Paraná, a cotação ficou em R$ 98,00/102,00 a saca em Cascavel

Milho

O mercado brasileiro de milho deve seguir com preços firmes nesta terça-feira, isso porquê, o fraco interesse dos vendedores deve limitar novamente o ritmo da comercialização. No cenário internacional, a Bolsa de Chicago reage frente às perdas da última sessão.

 

Ontem (23), o milho apresentou preços estáveis. Conforme o consultor de SAFRAS & Mercado, Paulo Molinari, os compradores até tentam forçar alguma baixa neste período final da colheita da safrinha. Mas, as ofertas dos vendedores não cedem em termos de valores.

 

No Porto de Santos, o preço ficou na faixa de R$ 82,00 a R$ 97,00 a saca (CIF),  e no Porto de Paranaguá, a cotação  variou entre R$ 81,00/97,00.

 

Já no Paraná, a cotação ficou em R$ 98,00/102,00 a saca em Cascavel. Em São Paulo, preço de R$ 94,00/97,00 na Mogiana, e em Campinas CIF, preço de R$ 98,00/100,00 a saca.

 

No Rio Grande do Sul, preço ficou em R$ 99,00/101,00 a saca em Erechim. Em Minas Gerais, preço em R$ 97,00/99,00 a saca em Uberlândia. Em Goiás, preço esteve em R$ 88,00/R$ 92,00 a saca em Rio Verde – CIF. Em Mato Grosso, preço ficou a R$ 85,00/90,00 a saca em Rondonópolis.

CHICAGO

 

Os contratos com entrega em setembro de 2021 operam com alta de 2,50 centavos, ou 0,46%, em relação ao fechamento anterior, cotada a US$ 5,40 1/2 por bushel.

 

* As condições das lavouras norte-americanas ficaram piores que o esperado por analistas, o que dá suporte às cotações do cereal.

 

* O Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) divulgou dados sobre as condições das lavouras americanas de milho. Segundo o USDA, até 22 de agosto, 60% estavam entre boas e excelentes condições – o mercado esperava 61% -, 26% em situação regular e 14% em condições entre ruins e muito ruins. Na semana anterior, os números eram de 62%, 25% e 13%, respectivamente.

 

* Ontem (23)os contratos de milho com entrega em setembro fecharam a US$ 5,38 por bushel, baixa de 0,75 centavo de dólar, ou 0,13%, em relação ao fechamento anterior.

Comentários

Quer ficar por dentro de todas as notícias? Entre no nosso grupo do whatsapp: