Notícias

Estudo do Inmet mostra condições climáticas para o primeiro trimestre

Na Região Sul, a previsão é de chuvas próximas e acima da média climatológica em parte dos estados do Paraná e de Santa Catarina

Mensalmente, o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) divulga o Boletim Agroclimatológico, que tem como objetivo disseminar informação meteorológica direcionada às atividades do campo. No relatório, a entidade apresenta o Prognóstico Agroclimático para o período de janeiro, fevereiro e março de 2022.

 

 

Na Região Centro-Oeste, a previsão do Instituto indica tendência de precipitação acima da climatologia ou dentro da normalidade para o trimestre em quase toda a região e as temperaturas predominam acima da média nos próximos meses. Deve haver níveis satisfatórios de umidade no solo para grande parte da região, exceto em algumas áreas do Mato Grosso do Sul, principalmente nos meses de fevereiro e março.

 

No sudeste, está prevista chuva acima da média em São Paulo e extremo sul de Minas Gerais. Nas demais áreas, são previstas chuvas próximas ou abaixo da climatologia do trimestre. Com relação às temperaturas, os índices devem predominar acima da média nos próximos meses em toda a região. A previsão indica ainda bons níveis de umidade no solo para uma extensa área. No entanto, o norte de Minas Gerais e o Espírito Santo podem passar por deficiência hídrica.

 

 

Na Região Sul, a previsão é de chuvas próximas e acima da média climatológica em parte dos estados do Paraná e de Santa Catarina. No Rio Grande do Sul, o relatório aponta chuvas um pouco abaixo da média na maior parte do estado. A temperatura do ar no sul do país deverá ficar próxima ou acima da climatologia do período.

 

 

Quanto às chuvas, são previstas condições hídricas favoráveis para a maior parte da região, especialmente para o leste de Santa Catarina e Paraná. Em áreas do Rio Grande do Sul, a tendência é de continuidade dos níveis de baixa umidade do solo nos próximos meses, o que pode afetar o desenvolvimento das culturas de verão.

 

 

Fonte: Informativo Cocari

Comentários

Quer ficar por dentro de todas as notícias? Entre no nosso grupo do whatsapp: