Notícias

Estado vai pavimentar mais 54 km de estradas rurais em 14 municípios

O investimento do Estado totaliza R$ 15.137.051,92. Os recursos fazem parte do programa Estradas da Integração, coordenado pela Seab

 

O Paraná vai pavimentar mais 54,27 quilômetros de estradas rurais em 14 municípios do Paraná, com pedras poliédricas, melhorando a qualidade de vida e impulsionando o desenvolvimento.

Os convênios para liberação de recursos às prefeituras foram assinados nesta terça-feira (14) pelo governador Carlos Massa Ratinho Junior em evento no Palácio Iguaçu.

De acordo com o Governo do Estado, o investimento totaliza R$ 15.137.051,92. Os recursos fazem parte do programa Estradas da Integração, coordenado pela Secretaria de Estado da Agricultura e do Abastecimento (Seab).

“Investir na modernização de estradas rurais traz uma série benefícios. Melhora o escoamento da produção, reduz custos, facilita o deslocamento da população até o centro das cidades e garante maior qualidade e segurança no transporte dos estudantes. Esse é o maior programa de pavimentação de estradas rurais do Paraná, algo que vai mudar a realidade de diversas cidades de todas as regiões do Estado”, afirmou o governador.

INVESTIMENTO

A expectativa, destacou, é fechar o ano com mais de 600 quilômetros de estradas rurais revitalizados. Desde janeiro, em diferentes rodadas de liberação de recursos, o Estado garantiu a pavimentação de 412 quilômetros em 104 convênios. Os recursos somam R$ 122 milhões. “Vamos avançar com esse programa, melhorando de fato a vida de quem mora nas áreas mais afastadas, nas zonas rurais”, garantiu Ratinho Junior.

De acordo com o secretário de Estado da Agricultura e do Abastecimento, Norberto Ortigara lembrou que a Seab tem um grande mapa das necessidades dos municípios, ajustando de forma técnica o repasse dos recursos. Segundo ele, o Paraná possui mais de 200 mil quilômetros de estradas rurais, dos quais 100 mil formam importantes entroncamentos de ligação entre cidades e vilas, distritos e comunidades.

Dessa maneira, as estradas são selecionadas de acordo com a importância para a mobilidade das cidades.

“Olhamos com uma lupa para encontrar o que é mais importante para cada comunidade, e destacamos trechos que fazem a ligação com uma vila rural, de um distrito com distrito, da estrada rural até a rodovia ou até a região central da cidade. Assim, colaboramos para melhorar a vida de quem mora no Interior”, disse Ortigara.

“Fundamentalmente, essas ações cooperam na redução dos custos e no aumento da eficiência logística dos nossos agricultores, reduzindo o preço do frete, por exemplo. E, o que é muito importante, agora sempre teremos recursos, já especificados no orçamento, para esse tipo de obra”, acrescentou o secretário.

MUNICÍPIOS

Os 14 municípios contemplados nesta terça-feira são: Cambira (Vale do Ivaí); Doutor Camargo (Noroeste); Espigão Alto do Iguaçu, Marquinho e Virmond (Centro-Sul); Iretama e Manoel Ribas (Centro); Itapejara d’Oeste, Mariópolis, São Jorge d’Oeste, Salto do Lontra e Verê (Sudoeste); Nova Santa Rosa e Ouro Verde do Oeste (Oeste).

FINANCIAMENTOS

Parte dos recursos para investimento nas estradas rurais vem do empréstimo de R$ 1,6 bilhão com o Banco do Brasil e a Caixa Econômica Federal sacramentado no ano passado pelo Governo do Estado. Do montante, cerca de R$ 126 milhões serão destinados a obras de reestruturação nas vias do campo. Outra fatia é oriunda das taxas do Detran.

Confira o detalhamento das estradas que serão beneficiadas pelo programa:

  1. Cambira

Estrada Velha para Jandaia
Total de 2,64 km
Investimento de R$ 687.492,74

  1. Doutor Camargo

Estrada Velha para Cianorte, Estrada Velha para Cianorte/Ferraria e Estrada Velha para Maringá
Total de 4,0 km
Investimento de R$ 1.187.741,76

  1. Espigão Alto do Iguaçu

Comunidades de Linha Boa Vista de São Roque e Linha Vorá, Comunidades de Linha Vorá e Linha Bracatinga, Comunidades de Linha Água do Meio e Linha Rio Saudade  e Comunidades de Linha Erval Bonito e Linha Monte Castelo
Total de 2,80 km
Investimento de R$ 864.336,03

  1. Iretama

Vila Rural-3 Placas e Vila Rural-Esplanada
Total de 3,90 km
Investimento de R$ 1.221.201,83

  1. Itapejara d’Oeste

Linhas Barra Grande, São Pedro, Lués Costa, Ipiranga e Coxilha Rica
Total de 5,0 km
Investimento de R$ 1.274.002,78

  1. Manoel Ribas

Bela Vista – 3 trechos
Total de 3,30 km
Investimento de R$ 881.751,90

  1. Mariópolis

MP 112 – Comunidade São Pedro, MP 212 – Trecho Adelmor Câmpara/Sérgio Galiatto e MP 185 – Comunidade Nossa Senhora do Carmo
Total de 5,40 km
Investimento de R$ 1.451.130,37

  1. Marquinho

Cidade ao distrito Gleba 9 e Alto Cobre
Total de 4,0 km
Investimento de R$ 1.092.128,06

  1. Nova Santa Rosa

Estrada 1º de Março que liga ao distrito de Planalto do Oeste (quatro trechos)
Total de 4,0 km
Investimento de R$ 1.116.080,27

  1. Ouro Verde do Oeste

PR-585 a Estrada Rural São Sebastião (três trechos)
Total de 2,50 km
Investimento de R$ 764.570,62

  1. Salto do Lontra

Linhas: Santa Bárbara e Boeira
Total de 3,0 km
Investimento de R$ 701.721,10

  1. São Jorge d’Oeste

Lolópolis à Linha União, Linha União e Linha Três Palmeiras – Linha Santa Luzia
Total de 5,0 km
Investimento de R$ 1.463.495,94

  1. Verê

Trecho 01 – Comunidade Alto Alegre
Total de 2,73 km
Investimento de R$ 657.505,19

  1. Virmond

Usina Cavernoso a Alagado: Trevo sentido Usina do Cavernoso – acesso pela Linha Lagoa Bonita e Acesso ao Alagado após 1,35 km da Faz do Sr. Floriano Klak
Total de 6,0 km
Investimento de R$ 1.773.893,33

TOTAL

Alcance: 14 municípios

Tamanho: 54,27 km

Investimento: R$ 15.137.051,92

 

Fonte: Seab

Comentários

Quer ficar por dentro de todas as notícias? Entre no nosso grupo do whatsapp: