Notícias

Em 2022, Estado do Paraná liberou R$ 8,8 milhões em seguro rural

Governo oferece benefício complementar no seguro rural, o que amplia o acesso ao seguro agrícola e garante cobertura de perdas decorrentes de fenômenos climáticos

 

Foto: Jaelson Lucas / Arquivo AEN

 

Atividade bastante dependente de condições climáticas e de fatores não controláveis, a agropecuária tem no seguro rural um auxiliar para a proteção da renda. Para baratear os custos, o Governo do Paraná é um dos poucos que conta com um programa estadual de subvenção econômica ao prêmio do seguro, complementar ao oferecido pela União.

 

Já o programa Trator Solidário possibilita aos agricultores familiares a compra de máquinas, implementos e equipamentos a preços mais acessíveis.

 

O objetivo é ampliar o acesso ao seguro agrícola, garantir ao segurado a cobertura de perdas decorrentes de fenômenos climáticos e adversos que afetam as lavouras, incorporar o seguro rural como instrumento para a estabilidade da renda agropecuária e promover o uso de tecnologias adequadas e modernas na gestão do empreendimento.

 

A Subvenção Estadual ao Prêmio de Seguro Rural é limitada ao percentual máximo de 20% do prêmio total, não podendo exceder R$ 4,4 mil por CPF, por cultura ou espécie animal, e até R$ 8,8 mil por CPF por ano civil.

 

Em 2022, dos R$ 11 milhões disponíveis, foram pagos R$ 8,8 milhões em subvenções. Estiveram sob a garantia do seguro os proprietários de 3.199 apólices, cobrindo pouco mais de 169,8 mil hectares. O atendimento contemplou ameixa, arroz, batata inglesa, cebola, cevada, feijão, kiwi, milho, pêra, pêssego, tomate, trigo sequeiro e uva.

 

Os triticultores foram os que mais procuraram essa garantia para suas culturas, com 77% do volume segurado, o que corresponde a R$ 6,64 milhões. Outros 13%, ou R$ 1,12 milhão, foram segurados pelos produtores de milho segunda safra. Entre as outras principais culturas que se beneficiaram do valor restante estão cevada, uva, cebola e tomate.

 

TRATOR SOLIDÁRIO

 

O programa Trator Solidário tem o foco no agricultor familiar. Por meio dele, os interessados podem adquirir máquinas, implementos e equipamentos a preços mais acessíveis. Os financiamentos seguem regras estabelecidas para a linha Pronaf Mais Alimentos e chegam a custar em torno de 15% menos que o valor pago no mercado comum.

 

Em 2022, a Secretaria da Agricultura e do Abastecimento registrou o faturamento de 1.506 máquinas, num total superior a R$ 324,8 milhões. Foram entregues 1.411 tratores, 91 colhedoras e quatro pulverizadores. Somente nos tratores, o investimento foi de R$ 268,4 milhões. Eles foram fornecidos por seis empresas.

 

 

*AEN-PR

Comentários

Quer ficar por dentro de todas as notícias? Entre no nosso grupo do whatsapp: