Notícias

“Ser a voz do pequeno agricultor da nossa região”, propõe Bacil

“Estou no mandato pela confiança das pessoas que me escolheram e quero honrar esta confiança defendendo os pequenos produtores rurais e demandas situações da nossa região”

Eleito deputado em 2018, Emerson Bacil nasceu em São Mateus do Sul, mas passou grande parte da vida em São João do Triunfo. Ali seu pai, saudoso Olisses Bacil – um fumicultor e morador da Meia Lua – se elegeu vereador em 15 de novembro de 1982. Morou na localidade com a esposa Anastácia e filhos: Élica e Emerson até o final de 1993, quando já estava como prefeito do município.

A trajetória familiar colocou o parlamentar em contato com esta realidade, onde cresceu ajudando o pai, depois os tios e familiares. Disso o conhecimento empírico (da realidade) dos pequenos agricultores que agora tem a possibilidade de defender no Paraná. “Estou no mandato pela confiança das pessoas que me escolheram e quero honrar esta confiança defendendo os pequenos produtores rurais e demandas situações da nossa região”, frisa.

Uma de suas bandeiras, talvez a de menos espaço e abordagem no meio político estadual é justamente a fumicultura. São mais de 30 mil famílias que dependem desta cadeia produtiva, mas acabam sendo deixados de lado por conta do produto final ser o cigarro. “O que eu defendo é a dignidade do ser humano. Trabalhador e trabalhadora digna que batalha para ter renda em pequenos espaços de terra”, relata.

Emerson Bacil não se coloca com defensor do tabaco em si, mas das pessoas. Para tanto, buscando alternativas viáveis de renda, caso o fumicultor deseje mudar de atividade. “Mas tem de ser algo concreto, com mercado, preço estável e certeza que vai dar condições de sustentar a família”, completa. Disso o seu trabalho em defender a valorização do agricultor e respeito pelo trabalho que executa.

Outra bandeira é a erva-mate. Sobretudo a existente em meio às matas nativas que oferece melhor sabor. Emerson Bacil propôs e presidente o Bloco Parlamentar de Incentivo à Cadeia Produtiva da Erva-Mate. Proposição inédita e que visa o fomento ao setor produtivo, ampliação da indústria e mercado. Associado à preservação das florestas, sobretudo com Pinheiro Araucária.

“Puxei este debate, sobre o pinheiro, e vamos discutir isso sim. Seja com ambientalistas, sociedade civil, setores do Governo Estadual. Do jeito que está a Lei, os remanescentes vão desaparecer. Precisamos incentivar o plantio e o cuidado com as árvores em estágio inicial, mas também estudar o manejo e valorizar quem preserva as florestas. Não podemos tapar os olhos nisso”, defende.

Para o deputado, é necessário entender tecnicamente os caminhos. Por conta disso, solicitou recursos, como presidente da Comissão de Ciência, Tecnologia, Inovação e Ensino Superior para que estudam mostrem a viabilidade de projetos do gênero. “Queremos encontrar soluções eficientes que na ciência mantenha e amplie as florestas.”

Por conta de conhecer a realidade do meio rural, saber o que representa conduzir uma propriedade, o trabalho de Emerson Bacil, segundo o próprio, busca justamente atuar neste sentido. “Eu sai da Meia Lua, interior de São João do Triunfo, e agora posso levar estas demandas que são parte da minha realidade de vida para debate e trabalhar por soluções efetivas. Disso a minha representatividade e voz na Assembleia.”

Há tempos que as quedas de energia elétrica têm sido frequentes em toda a região. Isso prejudica muito tanto os fumicultores quanto diversas outras atividades rurais. “Produtores de leite, granjeiros e tantos outros também. Plantadores de fumo têm enorme prejuízo e isso tem de ser resolvido com urgência”, observa o deputado.

Ciente de que está em curso grande investimento, o programa Paraná Trifásico, Bacil tem atuado para agilizar os atendimentos e solucionar este problema crônico. “Tenho cobrado agiliza e solução frente a estas quedas”, acrescenta. Além disso, o parlamentar mobiliza diversos setores governamentais e entidades para permitir a instalação de luz em pequenas propriedades.

Comentários

Quer ficar por dentro de todas as notícias? Entre no nosso grupo do whatsapp: