Notícias

Colheita do milho da primeira safra 2021/22 atinge 85% no PR

Período quente e seco entre o último trimestre de 2021 e o início de 2022 causou uma redução de 32% na comparação com a estimativa inicial que era de 4,25 milhões de toneladas

 

Em relatório divulgado na última semana, o Departamento de Economia Rural (Deral) do Paraná apresentou os dados sobre  a safra de milho.

 

Conforme o departamento, na semana passada a colheita do milho da primeira safra 2021/22 havia atingindo 85% da área total, o equivalente a 362,9 mil dos 433,4 mil hectares cultivados.

 

As lavouras foram seriamente afetadas pelo período quente e seco entre o último trimestre de 2021 e o início de 2022. Isso causou uma redução de 32% na comparação com a estimativa inicial, que era de 4,25 milhões de toneladas. De acordo com o Deral, o volume produzido pelo Paraná é de 2,89 milhões de toneladas.

 

Entre as lavouras ainda a campo, 15% têm condições ruins, 32% condições médias e 54% estão em condições consideradas boas. “A depender do volume de chuvas, a colheita deve terminar nos próximos dias”, diz o economista do Deral, Marcelo Garrido. A saca de 60 kg de milho foi comercializada na última semana por R$ 92,00, preço 17% superior ao praticado no mesmo período do ano passado (R$ 77,00).

 

MILHO SEGUNDA SAFRA

 

A área da segunda safra de milho está 97% plantada. No ano passado, esse índice era de 74%, devido ao atraso na colheita da soja, que prejudicou os trabalhos de implantação da cultura. Segundo o Deral, as condições das lavouras tiveram sensível melhora nas últimas semanas.

 

Há um mês tinha-se 1% em condições ruins, 16% em condições médias e 83% em boas condições. Agora, não há lavouras em condições ruins, sendo 3% em condições médias e 97% em boas condições. O volume previsto para a safra é de 15,92 milhões de toneladas em uma área de 2,7 mil hectares – a maior área da história neste ciclo.

 

 

***Seab com edição

Comentários

Quer ficar por dentro de todas as notícias? Entre no nosso grupo do whatsapp: