Notícias

CCJ da Assembleia aprova projeto de transferência de renda para famílias paranaenses mais vulneráveis

Segundo o deputado Hussein Bakri, relator do projeto, o programa é um instrumento forte e importante para atender as famílias mais carentes

 

Assessoria Deputado Hussein Bakri

Por unanimidade, a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Assembleia Legislativa aprovou o projeto de lei que torna o Cartão Comida Boa uma política de Estado. Mais de 100 mil famílias paranaenses poderão ser beneficiadas.

A proposta do Governador Ratinho Junior cria o Programa Estadual de Transferência de Renda, que prevê o repasse de R$ 80 mensais, por residência. De acordo com o projeto, o  valor será para famílias em situação de pobreza e extrema pobreza, com prioridade para aquelas que não são atendidas pelo Bolsa Família.

O valor deverá ser utilizado para a compra de itens básicos de alimentação em estabelecimentos comerciais previamente fixados pelo Poder Executivo.

Programa

O programa funcionará nos mesmos moldes do Cartão Comida Boa, implantado emergencialmente no ano passado para atender famílias afetadas pela pandemia da Covid-19.

“Esse é um instrumento forte e importante para atender as famílias mais carentes do Estado. Alguns até podem questionar o valor do benefício, mas talvez não saibam o que isso representa na vida de paranaenses que estão passando necessidade e até fome. Por isso, peço o apoio dos colegas para a rápida tramitação desse projeto”, afirmou o deputado Hussein Bakri, Líder do Governo e relator da matéria.

Após ser aprovada e virar lei, a proposta terá 60 dias para ser regulamentada pelo Governo do Estado e, então, colocada em prática.

Comentários

Quer ficar por dentro de todas as notícias? Entre no nosso grupo do whatsapp: