Notícias

Brasil tem negócios pontuais com trigo e plantio é pouco expressivo

Conforme o Deral, no Paraná, a área deve diminuir 4% frente aos 1,226 milhão de hectares cultivados em 2021

 

Os negócios com trigo no Brasil seguem sendo pontuais. Segundo o analista de SAFRAS & Mercado, Élcio Bento, os produtores estão focados na comercialização da safra de verão e/ou no plantio da safra nova. Os vendedores compram apenas para atender necessidades imediatas.

“Além disso, o spread largo entre as pedidas dos primeiros e as ofertas dos segundos limita o registro de negócios”, disse. As indicações de compra no Rio Grande do Sul ficam entre R$ 1.830 e R$ 1.850 a tonelada. Vendedores mantém a pedida nos R$ 1.900/tonelada. “A expectativa de aperto no abastecimento no mercado local, cuja safra nova entra apenas em outubro, é que sustenta essa posição de inflexibilidade do lado da oferta. Com quase 3 milhões de toneladas colocadas no mercado interno os agentes começam a questionar se a safra gaúcha foi mesmo de 3,420 milhões de toneladas. Se sim, os moinhos locais teriam menos de 20% da safra para disputar com a utilização para ração, farinha e moinhos de outros estados”, explicou. No Paraná a base de compra vai de R$ 1.900 até R$ 2.000, dependendo da localização e do prazo de pagamento.

Exportações

Dados divulgados nesta semana pela Associação Nacional dos Exportadores de Cereais (ANEC) previram que o Brasil poderá exportar 156,118 mil toneladas de trigo ao longo do mês de abril.

Em abril do ano passado, o Brasil não realizou embarques. Em março de 2022, os embarques do cereal somaram 508,164 mil toneladas. No acumulado de 2022, os embarques atingem 2,285 milhões de toneladas.

De acordo com a ANEC, na semana entre 3 e 9 de abril, o Brasil exportou 66,918 mil toneladas. Entre os dias 10 e 16 de abril, estão previstas 54,2 mil toneladas embarcadas.

Deral

O Departamento de Economia Rural (Deral), da Secretaria de Estado da Agricultura e do Abastecimento do Paraná, informou, em seu relatório semanal, que o Paraná iniciou o cultivo da safra 2022 de trigo. Até agora menos de 1% da área de área estimada de 1,171 milhão de hectares foi plantada. A área deve diminuir 4% frente aos 1,226 milhão de hectares cultivados em 2021.

Segundo o Deral, todas as lavouras de trigo apresentam boas condições, com 84% das lavouras em germinação e 14% em crescimento vegetativo.

A safra 2022 de trigo do Paraná deve registrar uma produção de 3,871 milhões de toneladas, 21% acima das 3,208 milhões de toneladas colhidas na temporada 2021. A produtividade média é estimada em 3.305 quilos por hectare, acima dos 2.632 quilos por hectare registrados na temporada 2021.

***Agência Safras

Comentários

Quer ficar por dentro de todas as notícias? Entre no nosso grupo do whatsapp: