Notícias

Aplicativo Paraná Mais Verde facilita pedido de mudas de árvores nativas para o IAT

Desde seu lançamento, em maio deste ano, mais de 795,5 mil mudas foram solicitadas somente por este canal

Foto: SEDEST

 

O aplicativo para celular Paraná Mais Verde, disponibilizado para download grátis no Play Store, ajuda quem precisa solicitar mudas de árvores nativas ao Instituto Água e Terra (IAT).

 

Foi pelo celular que Davi Degraf pediu 1.800 mudas para plantar dentro de um projeto voluntário de reflorestamento na região do Rio São Jorge, localizado em Ponta Grossa, nos Campos Gerais. Ele conta que ficou sabendo do app através de um amigo que já tinha utilizado a tecnologia.

 

“Atendeu a necessidade que tínhamos e foi bem fácil. É um sistema bem prático e algumas dúvidas que tínhamos foram atendidas pelos técnicos do IAT”, disse.

 

O trabalho de recuperação nas margens do Rio São Jorge, em Ponta Grossa, foi desenvolvido pelo Departamento de Plantio e Meio Ambiente do Centro Espírita Beneficente União do Vegetal em parceria com a Associação Novo Encanto de Desenvolvimento Ecológico. O trabalho de plantio voluntário na região tem o objetivo de plantar mudas nativas em uma área que era coberta por eucalipto e pinus.

 

“A região São Jorge é vizinha a um parque nacional e a região nos traz boas lembranças da infância. Nosso objetivo é mostrar que existem recursos para recuperar área de forma rápida e legal”, destacou Degraf.

 

A escolha das mudas a serem plantadas foi realizada por técnicos do projeto Agrofloresta Caianinha e levou em conta critérios como ideais para o ambiente onde foram plantadas e também um crescimento mais rápido.

 

APP

 

Desde o lançamento da ferramenta, em maio deste ano, o aplicativo teve mais de 1.500 acessos e disponibilizou cerca de 795,5 mil mudas de árvores nativas. No aplicativo, também é possível que os cidadãos publiquem fotos das suas ações de plantio, uma forma de incentivar cada vez mais ações como estas.

 

Outra funcionalidade é poder conhecer mais sobre as 100 espécies de mudas nativas produzidas nos 19 viveiros do IAT.

 

O secretário estadual do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo (Sedest), Everton Souza, destaca que o aplicativo do Paraná Mais Verde faz parte da política do órgão ambiental de ofertar ferramentas que facilitem a vida de quem quer ajudar o Estado a promover o desenvolvimento cuidando do meio ambiente.

 

“A construção de soluções no IAT com uso da tecnologia tem sido uma constante no órgão nos últimos anos”, disse. “Era necessário evoluir nos processos, aumentar a velocidade e darmos respostas para os paranaenses em relação ao funcionamento do Instituto, além de proporcionar para a nossa equipe técnica melhores alternativas de respostas e soluções”.

 

Para o diretor-presidente do IAT, José Volnei Bisognin, o aplicativo é muito útil para o produtor rural, que precisa solicitar mudas ao IAT para cumprir o previsto por lei na recuperação das suas áreas de plantio, mas também se mostra bastante acessível para todo cidadão que quer desenvolver projetos como o de Ponta Grossa.

 

“Ele é uma importante ferramenta de educação ambiental, onde todo cidadão pode conhecer mais sobre nossas linhas de ações para melhorar a cobertura florestal do nosso Estado com árvores nativas”, afirmou Bisognin.

 

*AEN-PR

Comentários

Quer ficar por dentro de todas as notícias? Entre no nosso grupo do whatsapp: