Notícias

Agrohackathon 2022 divulga vencedores da maratona tecnológica

Em transmissão ao vivo realizada nesta quarta-feira (13), equipes autoras dos projetos campeões relacionados à área de seguro rural foram conhecidas

 

 

Os campeões da maratona tecnológica Agrohackathon 2022, que nesse ano teve como tema o seguro rural, foram conhecidos nesta quarta-feira (13). Em uma transmissão online ao vivo, os participantes da Região Metropolitana de Curitiba e do Oeste do Paraná puderam conhecer as equipes ganhadoras, na seguinte ordem: Easy Fish, Agro Brain e Iagro (veja os nomes dos integrantes de cada time abaixo). Os ganhadores foram contemplados cada um com notebooks (1º lugar), tablets (2º lugar) e cadeiras gamer (3º lugar).

 

 

 

“Diante dos problemas identificados no campo, esses estudantes e profissionais apresentaram soluções para diversos gargalos que podem prejudicar o bom desenvolvimento de nossos negócios, em diversas etapas da agricultura e da pecuária. Temos certeza que esses projetos vão colaborar muito com o dia a dia do meio rural”, aponta o presidente do Sistema FAEP/SENAR-PR, Ágide Meneguette.

 

 

 

Projetos

 

 

 

O projeto campeão, da equipe Easy Fish, propôs a venda de um elevador móvel para despesca parcial em tanques escavados. A iniciativa promete diminuir a mortalidade de peixes pela técnica de despesca de arrastão e economizar água. Além disso, outro benefício é a redução do estresse no cardume, o fim do trabalho manual e os prejuízos causados pela técnica tradicional que proporciona o sufocamento de parte dos peixes na lama.

 

 

 

A equipe que levou o segundo lugar, Agro Brain, pensou em uma plataforma digital capaz de atender produtores rurais e corretoras. A ideia é disponibilizar aos agropecuaristas a possibilidade de comparar benefícios oferecidos por diferentes companhias de seguro. Ao mesmo tempo, as seguradoras também teriam acesso a um banco de dados com detalhes capazes de facilitara a comercialização de apólices. Interligação com bancos de dados de produção, produtividade, clima, entre outros dados, também fariam parte do sistema.

 

 

 

O time que angariou a terceira posição, Iagro, focou na questão da peritagem, um dos gargalos das seguradoras brasileiras. O projeto foca em resolver questões como ineficiência estratégica, custos com peritos, sazonalidade na demanda e falta de informação. Uma plataforma digital teria a possibilidade de atuar em questões como reeducação de custo, otimização e orientação da estratégia operacional, além de fazer um roadmap de onde estão os peritos. Além disso, a ferramenta prevê a redução de risco jurídico e maior satisfação do cliente.

 

 

 

Jornada dos participantes

 

 

 

A maratona tecnológica é feita anualmente no Paraná para propor soluções diante dos problemas dentro e fora da porteira do campo paranaense. A cada edição, o evento possui um tema. Nesse ano, o evento teve foco na gestão de riscos no setor agropecuário. A realização ficou a cargo do Sistema FAEP-SENAR-PR, Centro de Economia Aplicada, Cooperação e Inovação (CEA) da Universidade Federal do Paraná (UFPR) e Agrociência Cooperativa.

 

 

 

 

O Agrohackaton contou com a participação de mais de 160 estudantes de escolas agrícolas e universidades, além de profissionais de diversas áreas. No total, 97 integraram a frente do Oeste do Paraná (tendo Palotina como referência) e 64 a da Grande Curitiba (tendo a capital como polo). Tudo começou com duas AulasCast (remotas), que abordaram “Processos de Inovação” e “Gestão de Riscos Rurais”, realizadas, respectivamente, nos dias 29 e 31 de março. A intenção foi promover um nivelamento dos estudantes sobre as temáticas envolvendo desenvolvimento de soluções e seguro rural.

 

 

 

Apoio

 

 

 

A edição 2022 do Agrohackathon contou com o apoio da Cooperativa Sicredi Vale do Piquiri, Mapfre Seguradora, BrasilSeg Seguros, Sistema Ocepar, Agência Alemã de Desenvolvimento (GIZ), C Vale, Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Secretaria de Agricultura do Estado do Paraná (SEAB), Secretaria da Educação e do Esporte (Seed), Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR); Embrapa Agricultura Digital, Sindicato Rural da Lapa, Sindicato Rural de Palotina, Sindicato Rural de Assis Chateaubriand e Cooperativa Bom Jesus.

 

 

 

Confira os vencedores:

 

 

 

 

1º lugar – Equipe Easy Fish

Josiane Mariane Batista

Karina Pereira dos Santos

Michele de Oliveira Elias

Nathani Cremon

Victor Hugo Concolato Neves

2º lugar – Equipe Agrobrain

Geovanna Kasemirinski da Silva

Maxwell Ripplinger Oliveira

Moises Knaut Tokarski

Pedro Boareto

Renata de Ferreira Bandeira

3º lugar – Equipe Iagro

Diego Siedel Bertolini

Felipe Messias Priotto

Jamile Armstrong Rodrigues

Leopoldo Luiz Gubert Filho

Lorenzo Mesadri

Comentários

Quer ficar por dentro de todas as notícias? Entre no nosso grupo do whatsapp: