Notícias

Agricultura familiar: Produtores de Irati representam o perfil da horticultura na região

Toda a produção é comercializada em dois supermercados da cidade

O casal Marcio Kavilhuka e Rita de Cássia Kavilhuka representam o perfil da agricultura familiar em nossa região. Com uma pequena propriedade na localidade de Serra das Nogueiras em Irati, o casal trabalha na horticultura plantando alface, brócolis e couve-flor. Todo o trabalho na lavoura é feito pelo casal, antes eles tinham a ajuda dos filhos, mas eles estudaram, se formaram e hoje atuam na área de Enfermagem e Biomedicina.

“Para dar conta de todo o trabalho a gente levanta antes do amanhecer e trabalha até a noite. Todos os dias, também faço entrega aos mercados na cidade, então tem mais esse tempo da entrega que precisa ser colocado na conta junto com o trabalho na lavoura”, conta os produtores.

Toda a produção é a céu aberto, então as alterações climáticas também interferem bastante. “Essas últimas geadas prejudicaram em torno de uns 40% no desenvolvimento das plantações, mas faz parte. Já tivemos situações de granizo de perder toda a produção e ter que começar do zero, tudo de novo. Daí quando você vê as plantinhas crescendo, renova as forças para seguir novamente”, fala Kavilhuka.

A produção é feita em um terreno de dois alqueires, sendo um alqueire próprio e um outro alqueire arrendado. “Temos um trator que utilizamos para o trabalho mais pesado e um cavalinho onde ainda utilizo para passar a carpideira e para fazer as linhas”, menciona.

A média de produção semanal é de dois mil pés de alface e outros dois mil pés de brócolis, já a couve-flor a produção oscila bastante. “Ser agricultor é você ver a plantinha nascer e se desenvolver, é uma benção. É uma coisa que a gente gosta e faz com todo carinho. É uma escolha”, explicam os produtores.

Comentários

Quer ficar por dentro de todas as notícias? Entre no nosso grupo do whatsapp: