Notícias

Palmital adere ao programa Paraná Mais Orgânico

Em reunião com alguns produtores do município, a secretaria de Agricultura e representantes do programa tiraram dúvidas sobre o Paraná Mais Orgânico

Foto: Assessoria

 

 

O município de Palmital, na região de Guarapuava, é mais um a entrar no programa Paraná Mais Orgânico, que ocorre em parceria com a Universidade Estadual do Centro-Oeste (Unicentro).

 

 

Uma reunião realizada no final de fevereiro, na Secretaria Municipal de Agricultura, apresentou o projeto que visa a certificação orgânica junto aos agricultores de Palmital.

 

Foto: Assessoria

 

 

O encontro teve como objetivo o esclarecimento de dúvidas sobre a certificação orgânica, quais os tipos, custo (gratuito), e a formação dos grupos de agricultores familiares interessados em adequar a propriedade rural para buscar a certificação.

 

Estavam presentes na reunião, 20 produtores locais, três engenheiros agrônomos do programa Paraná Mais Orgânico, a Coordenadora Municipal do projeto, Engenheira Agrônoma Juliana Visentin e o Secretário de Agricultura Nivaldo.

 

A próxima fase será a visita técnica individual às propriedades dos produtores que aderiram ao programa, para as orientações que serão dadas pela Coordenação Municipal e a equipe do Paraná Mais Orgânico.

Os interessados em particular devem entrar em contato com a Secretaria Municipal de Agricultura para uma visita individual ou para fazer parte do grupo de produtores orgânicos.

PARANÁ MAIS ORGÂNICO

O Paraná Mais Orgânico é um programa de orientação à agricultores familiares interessados em produzir alimentos de maneira orgânica. Eles aprendem a converter suas lavouras tradicionais para o modelo orgânico – livres de agrotóxicos, de sementes transgênicas e de outras substâncias tóxicas ou sintéticas, dentro das normas da legislação brasileira para produtos e sistemas de produção orgânica. As orientações são dadas pelos profissionais dos Núcleos de Certificação Orgânica.

 

 

O programa atua também na viabilização da certificação daqueles que já seguem as técnicas de manejo orgânico.

 

 

***Assessoria com edição

Comentários

Quer ficar por dentro de todas as notícias? Entre no nosso grupo do whatsapp: