SENAR-PR oferece novos cursos na área de avicultura

Para acompanhar o desenvolvimento da cadeia da avicultura no Paraná, maior produtor e exportador de frango do país, o SENAR-PR desenvolveu novos cursos na área. Agora, o catálogo de treinamentos conta com mais três títulos: “Manejo de frangos de corte”, “Elétrica básica para aviários” e “Manutenção preventiva de equipamentos de aviário”. Já o curso “Ambiência na avicultura de corte”, que já era oferecido pela entidade, foi atualizado e passou a contar com um número maior de instrutores.

Segundo a técnica Helen Raksa, do Departamento Técnico (Detec) do Sistema FAEP/SENAR-PR, a atualização dos conteúdos acontece de forma constante, para manter os alunos alinhados com o que há de mais moderno entre as tecnologias utilizadas na atividade. “Nos últimos tempos, nos reunimos com diversas cooperativas para levantar as demandas na área da avicultura”, conta. Destas conversas surgiram estas novas formações, com foco nas principais carências dos produtores rurais. “O curso de manutenção de equipamentos, por exemplo, surgiu justamente da necessidade de trazer mais economia para dentro da propriedade”, exemplifica.

Já o curso “Manejo de frangos de corte”, segundo a técnica do Sistema FAEP/SENAR-PR, é uma opção versátil que pode ser adaptada conforme a realidade prática de cada cooperativa/integradora. “Como cada integradora tem suas particularidades, fomos lapidando a proposta para oferecer um curso que possa ser personalizado. As marcas de equipamentos são diferentes, mas a regulagem é igual. O que muda são pequenos ajustes, diferentes em cada empresa”, explica.

Mesmo com quatro anos de experiência dentro de um aviário, a trabalhadora rural Cassiana Soder, de Palotina, na região Oeste do Paraná, fez o novo curso “Manejo de frangos de corte”, o que permitiu aprofundar o conhecimento das diversas atividades desempenha das dentro do galpão.

Ao longo de sua atuação profissional, Cassiana trabalhou com dois modelos diferentes de equipamento para aviários. Mas isso não foi empecilho para o aprendizado. “No curso foram trabalhados todos os tipos de equipamento, desde os mais antigos até os modernos. Se amanhã eu sair da propriedade, tenho bagagem para trabalhar em outra granja”, afirma.

Outra novidade no catálogo é o curso “Elétrica básica para aviários”, que prepara os avicultores para que possam ser autossuficientes, ao menos no que se refere à manutenção preventiva das instalações e equipamentos. “O SENAR-PR já oferecia o curso ‘Elétrica básica’, que passa uma visão geral,mas sem ser voltado para algum tipo de produção específica. Este novo treinamento ensina os conceitos básicos para o avicultor cuidar da manutenção do seu aviário, desde a instalação dos quadros, funcionamento da contadora, revisões, verificações, entre outros pontos”, elenca o instrutor do SENAR-PR Kleber Rissardi.

Os treinamentos da entidade na área da avicultura são gratuitos e com certificado para os concluintes.

Novos equipamentos

A renovação dos treinamentos na área de avicultura também passou pela atualização dos equipamentos. Em 2023, o SENAR-PR manteve as parcerias já existentes desde 2014 com empresas de equipamentos de aviário e firmou duas novas, com a Branco Motores e a Morelatto. Isso permitiu equipar o aviário-escola do Centro de Treinamento Agropecuário (CTA) localizado em Assis Chateaubriand, na região Oeste, com o que há de mais atual na atividade, de modo a simular a realidade de um aviário comercial.

“A tecnologia empregada na avicultura evolui muito rápido. Por isso a importância dessas parcerias, que permitem colocarmos equipamentos mais modernos de modo a abranger as diferentes realidades das integradoras”, completa Helen, do Sistema FAEP/SENAR-PR.

Conheça os cursos na área de avicultura do SENAR-PR

Manejo de frangos de corte (40 horas)

Elétrica básica para aviários (40 horas)

Manutenção preventiva de equipamentos de aviário (24 horas)

Ambiência na avicultura de corte (20 horas)

*Sistema FAEP/SENAR-PR

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *