Preços da soja devem se elevar com redução da oferta gaúcha, diz analista

A colheita de soja no Rio Grande do Sul atinge 76% da área, estimada em 6,5 milhões de hectares, de acordo com a Emater-RS.

Isso significa que ainda restam 1,6 milhão de hectares do grão a serem retirados do solo. Não é possível, por enquanto, precisar a perda, mas, pelo potencial produtivo, ela pode chegar a 5 milhões de toneladas.

A analista de Grãos e Oleaginosas do Rabobank, Marcela Marini, destaca que essa é a quantidade a ser perdida no pior dos cenários. Entretanto, ela acredita que a queda de produção será de, aproximadamente, duas milhões de toneladas.

A especialista reforça que a perda da oleaginosa no estado afetará, diretamente, a oferta no país. “Quando olhavámos para o clima que impactou negativamente a produção em Mato Grosso, que perdeu cerca de 10 milhões de toneladas, avaliavámos que o Rio Grande do Sul compensaria essa queda, mas isso não vai mais acontecer”.

Com isso, Marcela afirma que a tendência de preços mais elevados para a soja deve continuar enquanto o mercado estiver precificando as perdas do Rio Grande do Sul.

*Canal Rural

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *