Natalino Avance de Souza assume a Seab nesta quarta-feira (08)

Governo do Paraná publicou nesta terça-feira (07) o Decreto n.º 5718 que nomeia Natalino Avance de Souza como secretário de Estado da Agricultura e do Abastecimento (Seab). Sua gestão inicia nesta quarta-feira (08). Ele assumirá no lugar de Norberto Ortigara, nomeado como titular da Secretaria de Estado da Fazenda.

Nascido em Jaguapitã, o novo secretário da Agricultura e do Abastecimento se formou agrônomo em 1978 pela Fundação Faculdade de Agronomia Luiz Meneghel, de União Bandeirante. Nesse mesmo ano ingressou na Acarpa, que se transformou em Emater e hoje é o Instituto de Desenvolvimento Rural do Paraná – Iapar-Emater (IDR-Paraná), vinculado à Seab.

Durante a carreira ele atuou como extensionista em Assis Chateaubriand, Toledo, Paranavaí e como gerente regional em Irati. Em 2005 concluiu o curso de mestrado em Desenvolvimento econômico pela Universidade Federal do Paraná. Foi ainda presidente da Ceasa (Centrais de Abastecimento do Paraná) de 2013 a 2018 e coordenou o processo de incorporação das entidades que formam o IDR-Paraná. Natalino estava à frente do instituto desde sua criação em 2019.

Além dos diversos postos na carreira extensionista, o novo secretário de Estado da Agricultura e do Abastecimento do Paraná ocupa desde 2023 a presidência das Associação Brasileira das Entidades Estaduais de Assistência Técnica e Extensão Rural e Pesquisa Agropecuária (Asbraer), que coordena o sistema nacional de entidades.

AVANÇO

“Nós avançamos muito na agropecuária paranaense com toda uma história de bons secretários que por aqui passaram, particularmente pelo Norberto Ortigara, que ficou quase 14 anos no cargo e com quem trabalhamos muito, mas ainda tem muito espaço pela frente para dar novos saltos”, disse Natalino. “No século 21 não podemos continuar fazendo mais do mesmo. É preciso evoluir, inovar, modernizar porque a sociedade exige isso de nós, agentes públicos”.

Segundo ele, o espírito de união e parceria estabelecido com as entidades privadas que representam o agronegócio paranaense e com os agricultores, prioritariamente os familiares, será ainda mais aprimorado. “Quem faz a agropecuária grande do Estado são eles; a nós, Estado, cabe induzir e apoiar esse crescimento”, afirmou.

Ao mesmo tempo propôs um relacionamento mais estreito com as universidades. “Precisamos estar unidos para somar esforços em favor da pesquisa agropecuária neste estado, para levar conhecimento para o meio rural e para ter projetos de inovação que tornem menos penoso o trabalho agrícola”, reforçou. “Isso fez o Estado ser o que é e isso vai nos ajudar a projetar ainda mais o Estado para que tenhamos um Paraná cada vez mais sustentável do ponto de vista ambiental, econômico e social”.  

IDR-PARANÁ

Com a saída de Natalino, o IDR-Paraná passa a ser presidido por Richard Golba, que exercia o cargo de coordenador estadual de Recursos Naturais e Sustentabilidade na mesma instituição. Agrônomo formado em 1982 pela Universidade Estadual de Londrina (UEL), Golba atua na extensão rural desde 1984.

*Seab

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *