Preço pago ao produtor de leite sobe pelo quarto mês seguido

O preço do leite captado em fevereiro registrou a quarta alta mensal consecutiva e chegou a R$ 2,2347/litro na “Média Brasil” do Cepea (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada), da Esalq/USP. A informação é do Boletim do Leite do mês de abril. 

De acordo com o Cepea, em termos reais, houve alta de 3,8% frente a janeiro, mas queda de 21,6% em relação a fevereiro/23 (os valores foram deflacionados pelo IPCA). Pesquisas em andamento do Cepea apontam que o leite cru captado em março deve seguir valorizado, com a Média Brasil podendo registrar avanço em torno de 4%. A alta é explicada pela redução da oferta no campo, que caiu 3,35% de janeiro para fevereiro. Laticínios e cooperativas ainda disputam fornecedores para garantir o abastecimento de matéria-prima.

Porém, a elevação da receita e a estabilidade dos custos neste primeiro trimestre têm contribuído para melhorar o poder de compra do pecuarista frente aos insumos mais importantes da atividade. A pesquisa do Cepea em parceria com a CNA estima que a margem bruta se elevou em 30% na “média Brasil” nesse primeiro trimestre.

Apesar da expectativa de alta para o preço do leite captado em março, agentes consultados pelo Cepea relatam preocupações em relação ao mercado, à medida que encontram dificuldades em realizar o repasse da valorização no campo para a venda dos lácteos. Com a matéria-prima mais cara, os preços dos lácteos no atacado paulista seguiram avançando em março. Porém, as variações observadas na negociação das indústrias com os canais de distribuição são menores do que as registradas no campo.

Ao mesmo tempo, as importações continuam sendo pauta importante para os agentes do mercado. Os dados da Secex mostram que as compras externas de lácteos em março caíram 3,3% em relação a fevereiro – porém, esse volume ainda é 14,4% maior que o registrado no mesmo período do ano passado.

*Cepea com edição

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *