TRIGO: Estimativas indicam produção abaixo da demanda, mas preço não reage

Apesar de dados oficiais indicarem produção global de trigo inferior à demanda na safra 2023/24, os preços do cereal seguem em queda. Segundo pesquisadores do Cepea, no mercado doméstico, a pressão vem da baixa liquidez, enquanto, no externo, está atrelada ao cancelamento de compras por parte da China e à alta nos estoques norte-americanos.

Segundo dados do USDA, a colheita mundial é estimada em 786,7 milhões de toneladas, queda de 0,3% em relação à temporada anterior.

Para o Brasil, a produção permaneceu estimada em 8,1 milhões de toneladas. Quanto ao consumo global, o USDA prevê 798,97 milhões de toneladas em 2023/24, elevação de 1% frente a 2022/23.

Os estoques finais foram novamente reduzidos e devem somar 258,83 milhões de toneladas, baixa de 4,5% sobre a safra anterior e um dos menores desde 2015/16.

*Cepea

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *