Caminho de São Miguel Arcanjo, em Prudentópolis, é o novo roteiro religioso do Paraná

O Paraná ganhou um novo roteiro do turismo religioso. Lançado neste mês em Prudentópolis, no Centro-Sul do Estado, o Caminho de São Miguel Arcanjo reúne fé, cultura, história e muitas belezas arquitetônicas e naturais. O trajeto, de 122 quilômetros de extensão, sai do Centro da cidade e passa por 24 comunidades rurais e 24 igrejas, além de atrativos naturais, culturais e pontos de apoio para o peregrino.

A rota, que faz parte da Rede Brasileira de Trilhas (Rede Trilhas), está sendo estruturada há cerca de dois anos e foi organizada para ser percorrida a pé, de bicicleta e até mesmo de automóvel. A exemplo do tradicional Caminho de Santiago de Compostela, o peregrino recebe um passaporte, que pode ser carimbado em 24 pontos ao longo das oito etapas da rota.

Conhecida como a cidade que abriga a maior comunidade ucraniana no Brasil, 16 templos da rota são da Igreja Ucraniana, com arquitetura bizantina. O caminho também passa por outras igrejas católicas, de arquitetura latina, uma luterana, pelo túmulo da Serva de Deus Irmã Anatólia Bodnar, museus, orquidário, mirantes e cachoeiras, fazendo jus a outro título que a cidade carrega, o de Terra das Cachoeiras Gigantes. Todas as etapas do roteiro podem ser conferidas AQUI.

Prudentópolis é também reconhecida como a Capital da Oração do Estado do Paraná, devido às mais de 100 igrejas construídas na cidade. Foi justamente a lei que concedeu esse título que incentivou o município a criar o Caminho de São Miguel Arcanjo, com o objetivo de fazer do roteiro de fé e peregrinação também uma alternativa para a geração de emprego e renda na cidade, principalmente na área rural.

“Já tínhamos o desejo de criar uma rota do turismo religioso, que já era explorado aqui na cidade porque temos algumas peculiaridades, com as igrejas ucranianas e latinas muito próximas nas comunidades”, explica a secretária Municipal de Turismo de Prudentópolis, Cristiane Boiko Rossetim. “A prefeitura, três paróquias da cidade e os museus abraçaram a causa e nós estruturamos o caminho, criamos o site e organizamos as comunidades para receber os peregrinos”.

Ela destaca que a ideia foi criar roteiros alternativos juntamente aos atrativos já conhecidos da cidade. “A rota vai trazer muitos benefícios para a área rural do município, porque o peregrino vai precisar pernoitar, vai precisar de um espaço para montar sua barraca, um lugar para fazer uma alimentação. A ideia é justamente ajudar essas comunidades a obter renda e gerar empregos”, diz.

Para Eliseu Rocha, coordenador do Grupo de Trabalho do Turismo Religioso do Governo do Paraná, esse novo roteiro consolida ainda mais o segmento. “O turismo religioso é um trabalho construído pela troca de experiências, de maneira coletiva, o que ajuda os nossos municípios e valoriza a história dos nossos monumentos”, afirma.

O casal Kelly Julliane Ribeiro e Marcelo Artungui são de Prudentópolis e foram os primeiros peregrinos a percorrer os 122 quilômetros do caminho. O passeio de três dias também foi um momento especial para os dois, já que Marcelo pediu Kelly em casamento na porta da Igreja de São Miguel Arcanjo.

Para Kelly, o desafio físico foi importante para despertar ainda mais sua espiritualidade e autoconhecimento. “A experiência foi desafiadora e encantadora, um caminho de tirar o fôlego, literalmente”, conta. “Muitas serras, pedras soltas, o calor, a poeira e a distância exigiram muito do corpo físico, mas o caminho é marcado por belas igrejas, atrativos naturais e paisagens lindas. A natureza de uma beleza ímpar, as cores do dia amanhecendo, o canto dos pássaros, tudo isso vai nos fortalecendo, juntamente com a fé e o amor que carregamos no coração”.

Prudentópolis - Santuário Nossa Senhora das Graças.
Prudentópolis é conhecida como a cidade que abriga a maior comunidade ucraniana no Brasil. Foto: José Fernando Ogura/Arquivo AEN


PEREGRINAÇÃO

Pelo site, o romeiro também pode fazer o cadastro para retirada do Kit Oficial do Peregrino, que conta com o passaporte do Caminho de São Miguel Arcanjo, certificado, mapa e outros itens. A ideia é que cada etapa do trajeto seja feita em um dia, levando oito dias para percorrer o caminho completo a pé. Todo o percurso conta com opções de hospedagem e locais para alimentação.

A primeira rota tem 22 quilômetros de extensão, saindo da Igreja Matriz São João Batista, no Centro da Cidade, e passando pelo Santuário Nossa Senhora das Graças, Praça Ucrânia, onde tem o monumento Taras Shevchénko, Igreja Matriz São Josafat, Casa da Memória Irmã Anatólia e pelo Salto Sete Adventures Park, além de outros templos religiosos.

Na segunda, são 24 quilômetros de caminhada, passando por atrativos como o Parque Cabeça de Lobo, o Monumento Natural Salto São João, uma unidade de conservação que conta com uma imponente cachoeira de 84 metros de altura, o Museu São Valdomiro, o Orquidário São Miguel e por diferentes igrejas católicas.

A terceira etapa do caminho tem extensão de 16 quilômetros e conta com as igrejas da Imaculada Conceição e São Nicolau, além de passar pelo Rio Ivaí. Na sequência vem o quarto trajeto, onde o peregrino vai percorrer 14 quilômetros e encontrar locais como as igrejas São Sebastião e da Transfiguração do Nosso Senhor e os saltos São Sebastião e Mlot.

O quinto trecho tem extensão de 6 quilômetros e passa pelo Recanto Monte Olympio, que tem trilhas naturais e duas quedas d’água que formam piscinas naturais próprias para banho. Também conta com a Igreja São Miguel Arcanjo, em Linha Piquiri, a Reserva Particular do Patrimônio Natural Ninho do Corvo e a Cachoeira Perehouski.

Também de seis quilômetros, a sexta etapa passa pelo Mirante Saltos Gêmeos e pelas igrejas da Natividade de Nossa Senhora – são dois templos com este nome, um da Igreja Greco-Católica Ucraniana de rito oriental e outra da Congregação das Irmãs Ucranianas de São José – e pelas igrejas de Exaltação à Santa Cruz e de Nossa Senhora do Patrocínio.

O romeiro vai percorrer 15 quilômetros no sétimo trajeto, onde pode visitar as igrejas da Sagrada Família, de Nossa Senhora do Rosário e da Santíssima Trindade. Na última etapa, estão os 15 quilômetros finais para a conclusão da rota completa. Ela inicia na Catedral Imaculada Conceição, passa pelo Lago Municipal e acaba no Museu Servas Maria Imaculada, onde o peregrino recebe o certificado de conclusão do Caminho de São Miguel Arcanjo.

*AEN-PR

One thought on “Caminho de São Miguel Arcanjo, em Prudentópolis, é o novo roteiro religioso do Paraná

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *