Projeto Feijão de Alta Performance chega ao quarto ano e comemora conquistas

O projeto Feijão de Alta Performance, Manejo para Altas Produtividades nas Culturas de Soja, Milho e Trigo, desenvolvido pela Agro Comercial Afubra em parceria com a Embrapa Arroz e Feijão busca ampliar a produtividade, de forma sustentável e com mais rentabilidade ao produtor rural. No dia 25 de janeiro foi realizado um Dia de Campo que apresentou os principais resultados do quarto ano das atividades do projeto, mais de 250 produtores rurais estiveram presentes.

O campo experimental fica na propriedade do agricultor, Cliceu Mehert, na comunidade de Restinga, no município de Imbituva (PR). Onde, em uma área de 2,5 hectares estão sendo testadas pelo quarto ano consecutivo, diversas técnicas de manejo no cultivo do feijão. O trabalho que teve início em 2020 prossegue por seis anos, e terá um resultado final apresentado em 2026, com expectativa de continuidade deste trabalho.

A pesquisa envolve também outras culturas como soja, trigo e milho, pois a rotação de culturas é um dos critérios fundamentais no experimento e que já foi comprovada como essencial para a alta produtividade de grãos.

A iniciativa conduzida pela Embrapa e Afubra, conta com a parceria de empresas como a Syngenta, Sementes NK, Mosaic Fertilizantes, Raix Sementes, Rudan Agrotecnologia e Adama Brasil.

“A Afubra está sempre ao lado do homem do campo, por isso para nós é tão importante desenvolver soluções para o agro, sempre pensadas na produtividade e sustentabilidade”. – Diretor Tesoureiro da Afubra, Benício Albano Werner

“Vemos uma dedicação muito grande de todos os profissionais envolvidos neste projeto. A impacto muito positivo, e conseguimos anualmente reunir um grande número de produtores e parceiros para compartilhar esse conhecimento na região”. – Ricardo Senger Michel, Gerente Comercial Agro Comercial Afubra

“Nosso objetivo é preparar um ambiente produtivo para que possamos extrair a máxima produtividade do feijão, soja, milho e trigo. O projeto tem como parâmetro a cultura do feijão e nosso objetivo é 5 mil quilos por hectare dessa cultura. São números muito expressivos, mas ao longo desses anos já estamos chegando próximos disso”. – Lázaro Ramon Bock, gerente das filiais da Afubra de Imbituva e Irati

“Os resultados estão muito interessantes, porque eles mostraram que mesmo em condições adversas, como as que ocorrem nos últimos três ciclos, onde houve secas severas e granizo, e mesmo assim, houve bons resultados, com excelentes produtividades”. – Marcos Marangon, engenheiro agrônomo da Embrapa Arroz e Feijão

“Buscamos agregar junto a este projeto sempre focado em entregar resultados comprovados no campo, para que seja possível produzir mais, com responsabilidade social e cuidando do meio ambiente. E, é claro, trazendo melhores benefícios para a propriedade e família rural”. – Thiago Canto, RTV Syngenta

“É gratificante ver a comprovação de eficácia das técnicas propostas. Mais animador é saber que temos ainda três anos de estudos e práticas pela frente, que com certeza irão confirmar o quanto se pode maximizar a produtividade. Todo o processo reequilibra o sistema produtivo de forma sustentável”. – Gilcinei Rodrigues dos Santos, coordenador agrícola Afubra Imbituva

Veja mais imagens do Dia de Campo Afubra (Fotos: Redação/AgroRegional)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *