Conab amplia atuação de monitoramento das lavouras no país

A necessidade de incentivar uma agropecuária cada vez mais sustentável tem sido um dos pilares da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) para avançar nas ações de monitoramento das lavouras no país. “Com dados precisos, os agricultores e agricultoras conseguem fazer um planejamento da atividade mais certeiro ao se ter informações das condições climáticas, conhecimento dos custos de produção, dos preços mínimos e de mercado, entre outros elementos”, reforça a superintendente substituta de Informações da Agropecuária da Companhia, Séfora Silvério.

Para trazer informações de qualidade aos produtores e às produtoras do país, os técnicos da Companhia fazem o monitoramento das lavouras de verão e inverno por meio das análises agrometeorológicas e espectrais, que são divulgadas mensalmente no Boletim de Monitoramento Agrícola (BMA). “Os modelos agrometeorológico-espectrais permitem que sejam examinados de forma ampla tanto os impactos das condições climáticas de determinado momento, bem como a influência de práticas de manejo, cultivares e demais componentes relacionados à produção de alimentos”, ressalta Séfora.

Além desse acompanhamento mensal, a Conab verifica as condições hídricas e de temperatura para a semeadura, o desenvolvimento fenológico e a colheita dos principais cultivos de primeira, segunda e terceira safras publicadas semanalmente no Progresso de Safra. Em 2023, foram produzidos 52 documentos, todos disponíveis no site da estatal.

“Este produto permite acompanhar o andamento da safra e com isso é possível fazer um planejamento das ações necessárias com mais precisão, tornando-se uma importante ferramenta para auxiliar tanto os atores públicos, privados e a sociedade, seja na formulação das políticas agrícolas e de abastecimento, ou para subsidiar as tomadas de decisão ao conhecer os percentuais semeados e colhidos e a fenologia das culturas, a partir das informações publicadas pela Companhia”, destaca a superintendente substituta.

Esse conjunto de ações auxilia na elaboração dos Levantamentos de Safras da Conab, que também utilizam as informações de campo coletadas pelos técnicos da estatal. Atualmente a Companhia realiza o acompanhamento da produção de café, cana-de-açúcar e grãos. Ao todo, são 32 boletins divulgados ao longo do ano (12 de grãos,  4 de café, 4 de cana e 12 Boletins de Monitoramento Agrícola).

Demais ações – A fim de trazer mais subsídios ao monitoramento do campo, os técnicos da Companhia realizaram, além das idas ao campo rotineiras, visitas para a verificação in loco de lavouras de soja e arroz na região Sul, informações que subsidiaram o mapeamento da safra 2022/23 dessas culturas. Também no Sul do país, foi realizada a verificação in loco de lavouras para subsidiar o mapeamento dos cultivos de inverno. Além disso, campanhas de campo também subsidiaram a estimativa de produtividade objetiva da soja, do milho 2ª safra e do trigo.

Os técnicos da Conab também atuam para levar informações de qualidade para publicações internacionais. Ao longo de 2023, foram realizados encontros mensais com representantes dos principais países produtores de grãos para analisar as condições das lavouras de arroz, milho, soja e trigo no âmbito global. Esse monitoramento está nos boletins do Agriculture Market Information System (Amis). A análise contida no boletim é resultado de informações compartilhadas pelas organizações membro do AMIS, que acompanham o mercado agrícola, sendo a Conab a instituição representante do Brasil.

* Conab.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *