Exportações dos Cafés do Brasil crescem 15,4% e atingem 4,3 milhões de sacas em novembro de 2023

As exportações dos Cafés do Brasil em novembro de 2023 apresentaram uma evolução de 15,4%, em comparação com o mesmo mês em 2022, ao totalizar 4,33 milhões de sacas de 60kg. Destaque para o café robusta que apresentou um expressivo crescimento de 678%, se comparado com novembro do ano passado, com 856 mil sacas exportadas, volume que representa 20% do total embarcado no mês. O café arábica foi responsável por 75% dos embarques com 3,24 milhões de sacas, uma redução de 3,4% nas mesmas bases comparativas. Com o equivalente a 5% do volume total exportado no mês, o café solúvel teve o equivalente a 231,3 mil sacas embarcadas. A despeito do volume das exportações terem aumentado 15,4%, a receita cambial gerada com os embarques diminuiu 10,2%, na comparação entre os meses de novembro de 2022 e 2023, ao totalizar US$ 810 milhões.

Com o desempenho de novembro, as exportações dos Cafés do Brasil, nos cinco primeiros meses da safra 2022/2023, totalizaram 18,77 milhões de sacas de 60kg, o que representa um aumento de 16,2% no volume exportado, se comparado com o mesmo período da safra anterior. Apesar do aumento no volume exportado no período em análise, o faturamento apresentou um recuo de 5,1% ao gerar o ingresso de US$ 3,67 bilhões ao país. Convém esclarecer que o Conselho dos Exportadores de Café do Brasil – Cecafé considera o período da safra do café entre os meses de julho a junho.

Ao analisarmos os números do atual ano civil, janeiro a novembro de 2023, o Brasil exportou 35 milhões de sacas de café, volume 3,2% menor do que 36,17 milhões registrados nos onze primeiros meses do ano passado. O café arábica teve participação de 78,6% nas exportações de 2023, com 27,5 milhões de sacas, já os embarques de café conilon corresponderam a 11,8% do total, com 4,13 milhões de sacas, e, com 9,6% dos embarques, o café solúvel exportou o equivalente a 3,35 milhões de sacas. Vale destacar o aumento de 186% nas exportações de café conilon se comparado ao mesmo período do ano passado. A receita cambial gerada com as exportações dos Cafés do Brasil nos onze primeiros meses de 2023 foi de US$ 7,22 bilhões.

Vale destacar, conforme os dados divulgados pelo Cecafé, no Relatório mensal novembro 2023, os dez principais destinos das exportações dos Cafés do Brasil, de janeiro a novembro de 2023, num ranking em ordem decrescente. Em primeiro colocado, figuram os Estados Unidos, que apesar de uma queda de 25,7% nas compras dos Cafés do Brasil, na comparação com o mesmo período do ano passado, continuam como o principal importador com 5,47 milhões de sacas as quais correspondem a 15,6% do total vendido no período; depois vem a Alemanha, com 4,42 milhões de sacas importadas (12,6%); Itália, em terceiro, com 2,82 milhões de sacas (8%); Japão, na sequência, com 2,07 milhões de sacas (5,9%); e Bélgica, na quinta colocação, com 1,95 milhão de sacas (5,5%).

Na sequência, na sexta posição, vem o Reino Unido, com 1,22 milhão de sacas (3,5%); Turquia, em sétima, com 1,21 milhão de sacas (3,45%); China, após um crescimento de 221% nas importações dos Cafés do Brasil chega à oitava colocação, com 1,15 milhão de sacas (3,3%); Colômbia, terceiro país maior produtor de café do mundo, se destaca como sendo o nono maior importador do produto brasileiro junto com a Holanda, ambos os países compraram o equivalente a 1,12 milhão de sacas dos Cafés do Brasil no período em foco, representando 3,2%, para cada país, do total exportado pelo Brasil no ano corrente.

Os números e demais dados da performance das exportações dos Cafés do Brasil que permitiram realizar esta análise, entre várias outras informações relevantes do setor, constam do Relatório mensal novembro 2023, do Conselho dos Exportadores de Café do Brasil – Cecafé, o qual está disponível na íntegra no Observatório do Café do Consórcio Pesquisa Café, coordenado pela Embrapa Café

Com relação especificamente aos cafés diferenciados – que são os cafés que têm qualidade superior ou algum tipo de certificado de práticas sustentáveis – o Brasil exportou o equivalente a 6,07 milhões de sacas de 60kg, no período de janeiro a novembro de 2023. Esse volume representou 17,4% do total exportado dos Cafés do Brasil no ano, gerando uma receita cambial de US$ 1,39 bilhão, responsável por 19,3% de toda a receita cambial gerada com as exportações dos Cafés do Brasil de janeiro a novembro deste ano.

* Embrapa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *