Coamo comemora 53 anos de fundação

No dia 28 de novembro de 1970, um grupo de 79 agricultores fundou uma cooperativa para mudar a suas histórias e de outras milhares de pessoas. 53 anos se passaram e eles não imaginavam que aquele sonho plantado lá atrás, se tornaria uma empresa forte e sólida que beneficia mais de 130.000 pessoas diretamente, a Cooperativa Coamo. 

Para comemorar o aniversário de fundação, a cooperativa realizou uma série de eventos. A festa iniciou na noite do 27 com o Natal de Luzes da Coamo. E hoje, o dia começou com a palavra do fundador e presidente do Conselho de Administração da Coamo, José Aroldo Gallassini. Fundadores, cooperados, diretoria e funcionários se reuniram na frente da sede administrativa da cooperativa para um momento cívico e corte do bolo dos 53 anos de aniversário. Em todas as unidades da cooperativa houve uma comemoração com a mensagem do Dr. Aroldo. 

“É com alegria e satisfação, que nos reunimos para celebrar os 53 anos da Coamo e parabenizamos cooperados, diretoria e funcionários, e por extensão aos nossos familiares, que junto conosco formam uma família de mais de 140 mil pessoas. Plantamos a fé e nasceu a esperança, e da esperança brotou a força do cooperativismo e da produção, que impulsiona a economia nas regiões onde está a Coamo, gerando desenvolvimento, progresso e o bem comum. A Coamo se transformou na grande força do homem e da mulher do campo, com uma assistência de qualidade para atender as necessidades dos seus associados”, diz Gallassini.

GUARAPUAVA

Na unidade de Guarapuava os funcionários e cooperadores também celebraram a marca de 53 anos da Coamo. Para o gerente Marino Mugnol, é uma satisfação muito grande poder comemorar com os cooperados as mais de cinco décadas da Coamo. “Ela é uma cooperativa de sucesso e que trouxe e traz muito desenvolvimento para o cooperado na região onde ela se instala. O trabalho da Coamo é muito voltado para o cooperado, o foco é ele. E queremos com todos esses serviços que a cooperativa tem a disposição, gere também o desenvolvimento do cooperado” afirmou. 

*Assessoria com edição

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *