Cresol lança projeto “Sucessão Familiar” com foco em gestão e práticas na propriedade

A preocupação com a comunidade é, desde a sua constituição, um dos pilares em que a Cresol se sustenta. A cooperativa está sempre em busca de ouvir e entender as necessidades que a sociedade e os seus cooperados têm. Pautando-se nisso, a sucessão familiar é um dos principais desafios dos empreendimentos rurais na atualidade. 

Partindo dessa necessidade e identificando que essa é uma dificuldade de muitas famílias cooperadas, a Cresol lançou, na terça-feira, 14, o projeto “Sucessão Familiar”, que tem como objetivo proporcionar às famílias participantes o conhecimento, o desenvolvimento de habilidades e o fortalecimento do relacionamento da família por meio de encontros presenciais com foco na gestão e práticas do dia a dia da propriedade familiar.

Este é o primeiro ano do projeto e 15 famílias cooperadas do município de Candói (PR) estão participando. São famílias que já identificaram a necessidade de iniciar um processo de sucessão da gestão dos recursos familiares. De acordo com o presidente da Cresol Vale das Águas, Sérgio Bukovski, esse é um momento histórico para a Cresol, que implementa um novo projeto para contribuir com o desenvolvimento das famílias e para fazer com que elas não abandonem a atividade rural.

“Sabemos que a sucessão familiar é um processo lento e desafiador para a agricultura familiar. O acesso ao crédito, os conflitos de geração e a baixa conectividade com o campo são elementos desafiadores na atualidade e, por isso, a Cresol entende que pode contribuir para que isso aconteça de maneira leve, segura e que tanto os pais quanto os filhos possam estar subsidiados de conhecimento para esse momento de transição”, destacou o presidente. 

No evento de lançamento, estiveram presentes as 15 famílias participantes, os colaboradores da agência de Candói, membros do Conselho de Administração da cooperativa e também o presidente da Central Cresol Baser, Alzimiro Thomé, que destacou a relevância desse tema para a Cresol. “Hoje, temos a grata satisfação de apresentar aos cooperados um projeto que ainda está no início, mas tem uma representatividade dentro do Sistema Cresol muito grande. Sabemos que essa é uma dificuldade de muitos agricultores e a Cresol, assim como em outras tantas necessidades dos nossos cooperados, está aqui para auxiliá-los”, destacou Thomé. 

*Assessoria

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *